Brasileirão Série A

Botafogo e Grêmio acertam inversão de mando de campo e aguardam CBF

Botafogo aceitou o pedido do Grêmio de inverter o mando de campo da partida do próximo sábado, que seria na Arena, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro,

Além da paralisação do Campeonato Brasileiro, a tragédia das chuvas e das enchentes no Rio Grande do Sul pode causar outro efeito na competição. Com a impossibilidade de jogar na Arena, o Grêmio tenta inverter o mando de campo de alguns de seus jogos na sequência da temporada. O primeiro deles é contra o Botafogo, pela 9ª rodada do torneio. A partida está marcada para o próximo sábado (1º), às 21h, com o mando do Tricolor.

A Trivela apurou que as diretorias de Grêmio e do Botafogo conversaram nos últimos dias e que os cariocas, inclusive, já aceitaram a inversão do mando de campo. Assim, o jogo do próximo sábado aconteceria no Nilton Santos, com mando do Botafogo. Os clubes aguardam um posicionamento da CBF, que já foi comunicada do pedido e analisa a situação.

Dessa forma, caso a CBF aceite o pedido dos clubes, o segundo jogo entre as equipes no Campeonato Brasileiro, pela 28ª rodada, programado para o fim de semana de 22 de setembro, aconteceria com o mando do Grêmio, que espera já poder contar com a Arena neste período.

Caso tenha sucesso neste primeiro pedido, o Grêmio deve fazer o mesmo para os próximos jogos como mandante no Campeonato Brasileiro. Ainda em junho, o time gaúcho enfrenta o Fluminense, em rodada com data-base para o dia 21, e o Palmeiras, previsto para o dia 25, como mandante. A única exceção seria o clássico com o Inter, que tem mando do Grêmio neste primeiro turno, e tem data prevista para o dia 16 de junho. A situação do Gre-Nal ainda está indefinida.

Assim, o Grêmio teria tempo para tentar recuperar o gramado da Arena, que continua embaixo d’água. Como a Trivela mostrou recentemente, especialistas projetam, na melhor das hipóteses, de 25 a 30 dias para plena recuperação dos gramados da Arena e do Beira-Rio, que foram alagados pelas enchentes em Porto Alegre.

Grêmio e Botafogo podem se enfrentar, neste sábado, no Nilton Santos (Foto: Arthur Barreto/Botafogo)

Grêmio vai mandar jogos da Libertadores fora do RS

O Grêmio já teve dois jogos com seu mando confirmados pela Conmebol. O primeiro deles nem sequer foi adiado pela entidade sul-americana, que manteve a partida contra o The Strongest, pela 6ª rodada do Grupo C da Copa Libertadores, para o dia 29 de maio. Assim, o Tricolor levou a partida para o Couto Pereira, em Curitiba. O estádio também vai receber o jogo contra o Estudiantes, válido pela 5ª rodada, que estava marcado para a última dia 15 de maio. A partida, agora, vai acontecer em 8 de junho.

Após semanas sem treinos pela situação em Porto Alegre, que, além dos estádios, também alagou o CT Luiz Carvalho, o Grêmio voltou a trabalhar na última sexta-feira (17), no CT Joaquim Grava, do Corinthians, em São Paulo. Em comunicado, o Tricolor informou que fica na capital paulista até o próximo sábado (26).

Em comunicado oficial, o Grêmio afirma que a necessidade da retomada das atividades do futebol, mesmo diante da tragédia climática no Rio Grande do Sul, “atinge e penaliza duplamente” o clube. O Tricolor Gaúcho diz que gostaria de realizar os trabalhos Porto Alegre, com os atletas em suas casas e os jogos na Arena, mas “as circunstâncias, contudo, exigem outra solução”.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Jornalista formado pela UFF e com passagens, como repórter e editor, pelo LANCE!, Esporte News Mundo e Jogada10. Já trabalhou na cobertura de duas finais de Libertadores in loco. Na Trivela, é setorista do Vasco e do Botafogo.
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo