Brasileirão Série A

Fluminense bate Goiás e início sonolento para convencer em último teste de titulares antes da Libertadores

Fluminense sai atrás do Goiás, mas Keno e Arias marcam duas vezes e transformam virada em boa atuação; Felipe Melo sai machucado e preocupa

O Fluminense enfim voltou a vencer — e convencer! — no último teste antes da final da Libertadores. Em Volta Redonda, pelo Campeonato Brasileiro, o Tricolor saiu atrás, tomou sustos, mas transformou a virada em goleada de 5 a 3 sobre os goianos com grande atuação de Keno e Arias, que marcaram duas vezes cada um.

Ganso e Cano, que estavam pendurados, tomaram cartão amarelo e estão fora do próximo jogo contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte, onde o Flu — que tampouco terá Nino e John Kennedy — deve ter reservas pensando no dia 4 de novembro (sábado), às 17h (de Brasília) quando o Fluminense enfrenta o Boca Juniors pela final da Libertadores.

Fluminense começa mal e Goiás marca duas vezes

Com todos os titulares que estavam à disposição em campo — o capitão Nino e o atacante John Kennedy, lesionados, desfalcaram o time —, o Fluminense começou mal mais uma vez.

Assim como no empate contra o Corinthians e nas derrotas para Botafogo e Red Bull Bragantino, a equipe de Fernando Diniz tomou gol logo no início. Gol, não. Gols. O relógio marcava 13 minutos e o placar já mostrava 2 a 0 para o Goiás.

Os goianos abriram o placar com Allano, logo aos cinco minutos, expondo mais uma vez o lado esquerdo da defesa do Fluminense. Ele recebeu na ponta, invadiu a área, tirou Marcelo para dançar e bateu reto, sem chances para Fábio. O que já era ruim, piorou aos 13, quando Babi subiu nas costas da zaga e aumentou para o Goiás. A partir dali, o Flu passou a ser vaiado.

Felipe Melo desconta para o Fluminense, mas sai machucado

Enquanto a torcida não perdoava Marlon e voltava a ensaiar vaias para outros jogadores, o Fluminense descontou. Filho de Volta Redonda, Felipe Melo aproveitou linda cobrança de escanteio de Ganso e cabeceou para descontar, aos 16. O gol fez o Flu acordar no jogo.

Vaiado, Marlon chegou a empatar o placar, fez um gesto mandando a torcida calar a boca e depois se desculpou. Tudo em vão. Em VAR. O árbitro de vídeo anulou o gol, mas não esfriou a reação do Flu. O balde de água fria veio aos 30, quando o Tricolor era muito melhor no jogo e viu Felipe Melo sentir a coxa esquerda e pedir substituição.

Felipe Melo balançou a rede em sua cidade, mas saiu machucado e preocupa o Fluminense para a Libertadores - Foto: Icon sport
Felipe Melo balançou a rede em sua cidade, mas saiu machucado e preocupa o Fluminense para a Libertadores – Foto: Icon sport

Há 10 dias da final da Libertadores, o zagueiro titular do Fluminense foi substituído por Lima e gesticulou para o banco como se tivesse sofrido um estiramento. Na saída para o intervalo, ao Premiere, ele tratou de acalmar os torcedores.

— Senti uma fisgada, mas pela fé digo que não aconteceu nada. Não vou ser hipócrita de dizer que não pensamos no dia 4 (de novembro), mas para chegar bem no dia 4 precisamos passar por hoje. Pela fé, digo que não foi nada, se foi qualquer coisinha foi leve porque estou conseguindo andar — declarou.

Fluminense vira e vence Goiás com show de Keno

Os uniformes ainda estavam limpos quando Jhon Arias recebeu na área, no primeiro minuto, e deslocou Tadeu para virar o jogo. O Fluminense, que era melhor no jogo, merecia o resultado.

Keno fez dois gols e teve grande atuação na vitória do Fluminense sobre o Goiás - Foto: Icon sport
Keno fez dois gols e teve grande atuação na vitória do Fluminense sobre o Goiás – Foto: Icon sport

Tanto que, Keno, o melhor em campo, começou a fazer das suas. Primeiro, sofreu pênalti e converteu a cobrança para fazer 4 a 2, aos sete. Depois, aos 16, recebeu de Ganso na área e tocou na saída de Tadeu, de biquinho, para marcar o quinto. Sem marcar desde abril, ele fez logo dois para sair da seca.

Ainda deu tempo de Palacios reduzir a diferença em um golaço de voleio. O Goiás, entretanto, se abriu e o Fluminense que quase aumentou. Cano chegou a balançar as redes, mas o VAR anulou por centímetros o que seria mais um golaço no jogo movimentado. No fim, 5 a 3 no placar e festa tricolor em Volta Redonda.

Fluminense volta a vencer e sobe na tabela do Brasileiro

Depois de quatro jogos sem vitória no Campeoanto Brasileiro, o Fluminense saiu da fila e voltou a vencer. O triunfo sobre o Goiás fez o Tricolor sair da nona para a sétima colocação, agora com 45 pontos.

Goiás cede virada e pode voltar ao Z4 do Brasileiro

O Goiás saiu na frente, mas mais uma vez não conseguiu confirmar o resultado. Com a derrota, o time esmeraldino ficou nos 31 pontos e pode voltar à zona de rebaixamento até o fechamento da 29ª rodada, já que Vasco e Santos, com 30, enfrentam Internacional e Coritiba na quinta-feira (26).

Estatísticas de Fluminense 5 x 3 Goiás – Brasileiro 2023

  • Posse de bola: Fluminense 65% x 35% Goiás
  • Chutes: Fluminense 19 x 9 Goiás
  • Chutes a gol: Fluminense 8 x 4 Goiás
  • Gols: Fluminense – Felipe Melo (16′), Arias (36′ e 46′), Keno (53′ e 61′); Goiás – Allano (5′), Babi (13′) e Palacios (67′)
Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo