Brasileirão Série A

Fluminense e Espírito Santo parece a combinação perfeita para o invicto Atlético-MG

Atlético tem ótimos retrospectos contra o Fluminense e em jogos no Espírito Santo, e tera os dois pela frente neste sábado

Invicto sob o comando de Gabriel Milito, o Atlético-MG está em grande fase na temporada e pretende se manter assim. Neste sábado (4), o Galo encara o Fluminense de Fernando Diniz pelo Campeonato Brasileiro no Espírito Santo, uma combinação que parece perfeita para o clube seguir com a sua invencibilidade.

O duelo contra o Fluminense não acontecerá no Maracanã por conta do show da cantora Madonna no Rio de Janeiro neste fim de semana. Dessa forma, o clube carioca decidiu levar o jogo para o Espírito Santo. O estado, bem conhecido dos mineiros, que amam passar férias por lá, já recebeu o Atlético várias vezes, e só o viu perder em uma delas.

Ao todo, o Atlético jogou no Espírito Santo em 23 oportunidades, vencendo 15, empatando sete e perdendo apenas um. A maioria dos jogos foi contra o Rio Branco e a Desportiva Ferroviária, equipe que disputou o Brasileirão nas décadas de 70 e 80. Foi a Desportiva, inclusive, a única a vencer o Galo em jogos no ES, batendo o Alvinegro por 2 a 0 no Brasileirão de 1973.

A última vez que o Atlético foi ao Espírito Santo foi no ano passado, quando enfrentou o Brasiliense no segundo jogo da terceira fase da Copa do Brasil e venceu por 1 a 0, avançando de fase.

Primeira vez no Espírito Santo levou o Galo ao título nacional

Se na última vez que o Atlético foi até o Espírito Santo ele saiu classificado na Copa do Brasil, na primeira ele terminou a competição como campeão nacional. Em 1937, o Galo encarou o Rio Branco pelo Torneio dos Campeões. Os times empataram por 1 a 1, resultado não muito relevante naquele momento, mas que ajudou o Alvinegro a se tornar campeão da competição, superando justamente o Fluminense, adversário deste sábado.

Em 2023, o Atlético conseguiu o reconhecimento desse título como o primeiro Campeonato Brasileiro da história, se tornando assim tricampeão da liga nacional.

Atlético tem ótimo retrospecto contra o Fluminense

Se a intenção do Atlético é seguir invicto na competição e com Milito — e ainda bater o melhor início de Brasileiro em 15 anos —, o Fluminense pode ser o adversário ideal. O Galo só perdeu um dos últimos 12 jogos que fez contra o Flu e soma atualmente uma sequência de três jogos de invencibilidade. A única vitória tricolor aconteceu no Brasileirão de 2022, uma goleada por 5 a 3 no Maracanã. Ao todo, são seis vitórias atleticanas e cinco empates, além da citada vitória do time de Fernando Diniz.

Por falar em Diniz, o duelo deste sábado marca o reencontro entre o treinador e Gabriel Milito, que era o comandante do Argentinos Juniors ano passado, rival do Fluminense nas oitavas de final da Libertadores, vencida pelo Tricolor. Diniz levou a melhor nessa ocasião ao empatar por 1 a 1 na Argentina e vencer por 2 a 0 no Maracanã.

Os treinadores demonstram muito respeito um pelo outro. Eles se elogiaram depois dos confrontos em 2023, com Diniz falando o quão o time Milito era bem treinado, e o argentino destacando que o Fluminense fazia coisas que ele ainda não havia enfrentado na carreira.

— O Fluminense era um time muito bom, que fazia algo que nunca havia acontecido comigo, que era acumular jogadores nas laterais. Juntavam muita gente e você, para se organizar, ou ao menos igualar a quantidade de jogadores que eles tinham, mais a qualidade que tinham, você tinha que colocar um líbero — destacou Milito ao podcast Clank!

Já Diniz, que exaltou Milito em 2023, voltou a elogiá-lo antes dos dois se enfrentarem neste sábado: “Adversário duro, que vive um momento excelente, com excelentes jogadores e ótimo técnico. Souberam contratar também um ótimo treinador”.

Atualmente, enquanto Milito vive um momento perfeito no Atlético, de 10 jogos sem perder, o Fluminense de Diniz passa por instabilidade e vive altos e baixos. Mesmo assim, o Galo sabe que o confronto será complicado, como apontou o goleiro Everson.

Sem sombras de dúvidas é um confronto direito. É uma equipe que vai brigar pelo título (Brasileiro). É a atual campeã da América e sabemos a dificuldade disso. Tem grandes jogadores e um grande técnico. A gente precisa chegar concentrado, sabendo da nossa tática — Everson.

Hulk gosta de castigar o Fluminense

Com mais de 100 gols pelo Atlético, o atacante Hulk já fez muitas vítimas nos seus mais de três anos vestindo a camisa alvinegra, mas, a preferida dele, é o Fluminense. Ao lado do Cruzeiro, o Tricolor foi o que mais levou gols do atacante atleticano, sete ao todo — em apenas oito jogos.

Hulk pode aproveitar sua vítima preferida para desencantar na temporada. São seis jogos seguidos que o camisa 7 não consegue balançar as redes. No último jogo, acertou duas vezes a trave. Em compensação, tem sido um grande criador de jogadas, somando quatro assistências nesse período.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo