Brasileirão Série A

Tite disse que Victor Hugo não é prejudicado por improviso, e nós checamos se é verdade

Garoto do Ninho tem recebido poucas oportunidades em sua posição de origem nesta temporada

Victor Hugo tem sido uma grande incógnita para o Flamengo em 2024. Se nos anos anteriores conseguiu mostrar bom futebol diante das oportunidades concedidas por Dorival Júnior e Jorge Sampaoli, a temporada atual engloba mais baixos do que altos.

Parece difícil de explicar, mas, na verdade, é bem fácil.

Durante a coletiva após a derrota para o Juventude, em Caxias do Sul, Tite foi perguntado sobre a utilização de Victor Hugo na ponta esquerda e respondeu que, apesar de ser uma mudança — o garoto da base rubro-negra é segundo volante de origem, a nova posição não é uma novidade.

A Trivela, por sua vez, analisou as chances do Garoto do Ninho na temporada para entender até que ponto a declaração é verdade.

— As opções táticas são de jogadores que estão treinando e têm rotina. O Lorran tem jogado. Agora faço um adendo: o Victor tem jogado muitas vezes nesse setor. Se você fizer uma retrospectiva de quantas partidas ele entrou nesse setor, você vai ver que ele está entrando ali, não é improviso. Se você olhar o passado dele dentro do próprio Flamengo, ele faz funções parecidas. Fizemos três jogos em seis dias, há o desgaste. Tivemos que fazer modificações, inclusive para alavancar uma intensidade física da equipe — analisou.

Fora de posição no Flamengo? Nós checamos

Ao analisar o contexto de todos os jogos de Victor Hugo em 2024, é possível identificar que Tite não passou muito longe na sua declaração.

Dos 19 jogos que fez nesta temporada, o Garoto do Ninho entrou como ponta esquerda, posição escolhida na última quarta-feira (26) em sete oportunidades. Em outras três, sendo duas como titular, atuou como meia naquela faixa de campo.

Ficou ainda mais claro que Tite prefere Victor Hugo mais próximo do gol, já que dividiu cinco oportunidades entre ponta direita e até mesmo um falso nove. Os quatro jogos que completam a lista do atleta foram na sua posição de origem, como segundo volante.

Jogar fora de posição é um fator que pode estar prejudicando o atleta, que se deu bem quando atuou como volante com Sampaoli e Dorival Júnior, já citados.

Apesar disso, sua melhor atuação pelo Flamengo em 2024 foi como falso nove, diante do Madureira, pelo Campeonato Carioca.

Minutagem baixa

Ainda que tenha entrado em campo em mais da metade dos 34 jogos disputados pelo Flamengo em 2024, Victor Hugo participou de poucos minutos.

Foram apenas 349, que dá uma média de apenas 18 por partida. Geralmente, o Garoto do Ninho é lançado na reta final dos compromissos, a maioria já decidido e alguns na fogueira.

Isso, de fato, pode ter minado a confiança do jogador. Com Sampaoli, por exemplo, Victor Hugo chegou a ser titular em período significativo da temporada.

Na passagem de Dorival pelo Flamengo, a jovem promessa era um pilar do time B, que fez alguns bons jogos no Brasileirão 2022.

Victor Hugo, cria da base do Flamengo
Victor Hugo não conseguiu se firmar no Flamengo em 2024 (Foto: Icon Sport

Victor Hugo vai sair?

Se o Flamengo planejava vender Victor Hugo por bons valores na janela, as atuações em 2024 fizeram com que o mercado esfriasse. O jogador vive um momento de oscilação, em que recuperar a confiança deve ser prioridade.

Clubes da Inglaterra, como Wolverhampton e Brighton, que já estiveram próximos de contratar o atleta, estão mais distantes.

A Trivela apurou que o Flamengo não pretende segurar Victor Hugo, caso uma proposta boa apareça. O atleta segue à disposição de Tite para o restante da temporada e tem tudo para ser relacionado visando o próximo compromisso de 2024, que será diante do Cruzeiro, neste domingo (30).

Relembre todos os jogos de Victor Hugo em 2024

  • Flamengo 4 x 0 Audax – Entrou na vaga de Gerson, como meia esquerda
  • Flamengo 3 x 0 Volta Redonda – Foi titular como meia esquerda
  • Flamengo 3 x 0 Bangu – Entrou na vaga de Pedro, como meia-atacante
  • Flamengo 2 x 0 Fluminense – Entrou na vaga de Cebolinha, como ponta esquerda
  • Flamengo 3 x 0 Madureira – Entrou na vaga de Pedro, como falso nove
  • Flamengo 2 x 0 Fluminense – Entrou na vaga de Cebolinha, como ponta esquerda
  • Flamengo 0 x 0 Fluminense – Entrou na vaga de Pedro, como falso nove
  • Flamengo 3 x 0 Nova Iguaçu – Entrou na vaga de Luiz Araújo, como ponta direita
  • Flamengo 1 x 0 Nova Iguaçu – Entrou na vaga de De La Cruz, como volante
  • Flamengo 2 x 0 Palestino – Entrou na vaga de Cebolinha, como ponta esquerda
  • Atlético-GO 1 x 2 Flamengo – Entrou na vaga de Luiz Araújo, como ponta direita
  • Flamengo 2 x 1 São Paulo – Entrou na vaga de Bruno Henrique, como ponta esquerda
  • Bolívar 2 x 1 Flamengo – Foi titular como meia esquerda
  • Flamengo 2 x 0 Corinthians – Entrou na vaga de De La Cruz, como volante
  • Amazonas 0 x 1 Flamengo – Entrou na vaga de Cebolinha, como ponta esquerda
  • Flamengo 2 x 1 Grêmio – Entrou na vaga de Léo Ortiz, como volante
  • Athletico 1 x 1 Flamengo – Entrou na vaga de Bruno Henrique, como ponta esquerda
  • Fluminense 0 x 1 Flamengo – Entrou na vaga de Léo Ortiz, como volante
  • Juventude 2 x 1 Flamengo – Foi titular como ponta esquerda

Ou seja, no fim das contas:

  • 7x como ponta esquerda
  • 4x como volante
  • 3x como meia-atacante ou falso nove
  • 3x como meia esquerda
  • 2x como ponta direita
Foto de Guilherme Xavier

Guilherme XavierSetorista

Jornalista formado pela PUC-Rio. Da final da Libertadores a Série A2 do Carioca. Copa do Mundo e Olimpíada na bagagem. Passou por Coluna do Fla e Lance antes de chegar à Trivela, onde apura e escreve sobre o Flamengo desde 2023.
Botão Voltar ao topo