Brasileirão Série A

Vitória do São Paulo sobre o Flamengo em despedida deixa gosto de quero mais para Dorival no Brasileirão

Dorival afirma que São Paulo poderia ter ido mais longe no Brasileirão se não tivesse três competições

O São Paulo se despediu de 2023 com uma vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, nesta quarta-feira (6), no Morumbi, pela 38ª rodada do Brasileirão. O resultado positivo diante de seu ex-clube fez o técnico Dorival Júnior deixar o estádio com um sentimento de que sua equipe poderia ter ido mais longe na competição, não fossem as três competições simultâneas durante boa parte da temporada. O Tricolor colheu os frutos com o título inédito da Copa do Brasil, mas pagou o preço no Campeonato Brasileiro.

O que disse Dorival:

  • disse que o São Paulo poderia ter ido mais longe no Brasileirão;
  • lamentou os pontos perdidos pelo São Paulo;
  • comentou fala de Nikão sobre voltar ao clube;
  • falou sobre o futuro de James Rodríguez
  • disse que é impossível brigar em três frentes numa temporada.

Despedida com gostinho de quero mais

O desempenho contra o Flamengo deixou o técnico Dorival Júnior orgulhoso de sua equipe pela postura que teve no Brasileirão após o título na Copa do Brasil. Mas a vitória também despertou ao treinador um certo gostinho de “quero mais”. Dorival entende que o Tricolor poderia ter disputado posições no topo da tabela, não fosse o acúmulo de três competições durante a metade da temporada.

– Fico feliz de estar à frente de uma equipe tão valente, vibrante e determinada. Sempre que fomos a campo, essa equipe deixou tudo o que podia. Isso enaltece e mostra o desempenho que foi apresentado. Muitos questionaram o desempenho do São Paulo após a Copa do Brasil, e ele foi um dos melhores. Se não tivéssemos disputados três competições, talvez poderíamos ter sorte melhor no Brasileiro. Vários garotos que despontaram, que atingiram um nível muito bacana e despertaram interesse de fora. Esse é o objetivo, é o espírito que nós queremos no ano que vem – disse o treinador.

Dorival pede paciência para 2024

De antemão, o técnico foi logo pedindo paciência para um 2024 em que o São Paulo terá cinco competições e disputa um título já em fevereiro, a Supercopa do Brasil. O técnico diz que nem mesmo elencos mais robustos, como o do próprio Flamengo, são capazes de suportar tantos jogos decisivos no mesmo momento da temporada. Palavras que vêm justamente de quem sabe o quão difícil é conquistar mais de um título na mesma temporada. O treinador foi campeão da Copa do Brasil e da Libertadores de 2022 pelo Rubro-Negro.

– Em 2024, espero que todos tenham paciência. Vamos ter mudanças, alguns profissionais nos deixarão, outros serão agregados, é um processo natural. Fica o meu agradecimento e da comissão técnica, foram todos muito valentes. É impossível que isso aconteça (disputar todos os títulos) com equipes que tenham um elenco mais completo, mais recheado. O que aconteceu no ano passado com o Flamengo é muito difícil de se repetir. Se continuar acontecendo as decisões no mesmo instante de outros torneios, dificilmente uma equipe vai conseguir suportar e gerar resultados em todas elas. Em algum momento você vai cair, a instabilidade vai vir em algum momento – ressalta o treinador.

E James para 2024?

Dorival disse ainda que conta com James Rodríguez para ser um dos protagonistas de sua equipe em 2024. A sua declaração vem na esteira de uma entrevista recente do colombiano ao ge, em que ele deixou certa dúvida sobre a sua permanência.

– Eu conto com o James, na maioria das vezes que ele retornou da seleção, veio com problema gravado, pequenas lesões, que dificultaram ele estar nos treinamento, tanto é que quase dez dias depois de voltar da seleção ele segue fora. Todo mundo fala aquilo que deseja, eu respeito, mas conto com o James, sim. É um jogador que foi avaliado por todos nós e espero que ele faça um 2024 ainda melhor. Nós contamos com o grande jogador que ele é – afirmou o treinador.

Dorival diz que conta com James para 2024 (IconSport)

Nikão volta?

Em entrevista após o empate do Cruzeiro com o Palmeiras, Nikão disse que já teve uma conversa com Dorival Júnior sobre voltar ao São Paulo. O meia está emprestado à Raposa até o fim deste ano. O treinador, por sua vez, preferiu despistar sobre o futuro do jogador.

– “O Nikão foi meu jogador no início da carreira, foi lançado em 2011. Voltou a ser meu atleta no Athlético em 2020. Ele sempre foi bem comigo, tem um ótimo nível. Tenho um respeito enorme por ele. Mas isso vai ser decidido agora, estamos começando a mapear o mercado agora para tomar essas decisões de elenco – ressalta.

Com a vitória sobre o Flamengo, o São Paulo encerra o Brasileirão na décima colocação, com 53 pontos. O elenco agora entra em férias até a reapresentação para iniciar a pré-temporada, em janeiro. O 2023 do clube tem cinco competições para disputar: a Supercopa do Brasil, contra o Palmeiras, o Paulistão, a Libertadores, a Copa do Brasil e o Brasileirão.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo