Brasil

‘Calendário irresponsável’: Braz e Spindel criticam CBF por priorizar Copa do Brasil

Marcos Braz comenta declaração de Tite sobre o Flamengo priorizar competições, e Bruno Spindel sobe tom contra a CBF

Na tarde desta sexta-feira (12), o Flamengo apresentou seu mais novo atacante para a sequência da temporada: Carlinhos, artilheiro e destaque do Nova Iguaçu na histórica campanha do clube no Campeonato Carioca 2024. Assim como em toda coletiva de apresentação de jogadores no Rubro-Negro, Marcos Braz e Bruno Spindel permaneceram na sala de imprensa do CT Ninho do Urubu e responderam a diversos questionamentos de jornalistas presentes no local.

Dentre os temas abordados pelos dirigentes durante a entrevista coletiva, um em especial chamou a atenção. Perguntado sobre a declaração de Tite dada na última quarta-feira (10), na qual o técnico afirmou que, por conta do desgaste físico dos jogadores, o Flamengo terá de escolher campeonatos para priorizar, Marcos Braz disse entender o pensamento do treinador. O vice-presidente de futebol rubro-negro aproveitou a deixa e teceu duras críticas à CBF pelo calendário apresentado.

— Todos nós aqui dentro entendemos qual foi a colocação do Tite. Acho que isso é importante. Isso já vem à tona agora para se entender quais caminhos serão trilhados. O próprio calendário impõe algumas situações, esse calendário irresponsável ao qual o Flamengo precisa se submeter. Calendário em que vamos jogar nove jogos numa Data Fifa e teremos seis ou sete jogadores fora. Parte da geografia. O Brasil é um país continental, a própria competição internacional que a gente disputa, que é a Libertadores da América. Algumas coisas vão se expondo e impondo. Muitas coisas serão ditas pela ciência, a parte de fisiologia, de fisioterapia, o departamento médico. São situações que dão o nosso norte sobre o que se pode e o que não se pode em determinado jogos.

Ainda em relação às palavras ditas por Tite após a vitória do Flamengo diante do Palestino, no Maracanã, pela segunda rodada do Grupo E da Copa Libertadores, Marcos Braz reforçou o pensamento do clube. O mantra da instituição, presidida por Rodolfo Landim, é disputar todas as competições para vencer. Braz minimizou o peso da declaração do treinador e ‘sugeriu’ que o comandante não teve tempo para dar uma explicação mais detalhada sobre o tema.

— Existe um pedido do presidente Rodolfo Landim, que é quem manda, que todas as competições sejam disputadas para ganhar, mas claro que dentro da análise da ciência. Temos departamentos em que investimos milhões, temos praticamente um laboratório aqui que foi feito para isso. Até os treinamentos são todos monitorados por GPS, nós sabemos todas as variáveis possíveis dessa situação sobre se está se treinando muito ou pouco. Temos um departamento que nos dará muita ênfase e o norte do que poderemos fazer.

— Tenho certeza que o Tite falou em relação a essa maneira que eu coloquei aqui. Talvez depois de um jogo não tenha muito tempo para responder. Ele não tem o tempo que eu tenho para dar uma explicação mais ampla.

Mais força contra a CBF: Spindel reforça insatisfação do Flamengo

Diretor-executivo de futebol do Flamengo, Bruno Spindel seguiu a mesma linha de Marcos Braz e fez questão de alfinetar a CBF. O dirigente lembrou que o clube rubro-negro solicitou, junto a outros times da Série A, a troca de datas do Campeonato Brasileiro pela Copa do Brasil durante a Copa AméricaA proposta foi feita em fevereiro, quatro meses após a entidade divulgar o calendário de 2024, em outubro do ano passado. Irredutível, a confederação recusou a ideia e manteve a configuração inicial dos jogos.

— Desculpe se eu for redundante. São cerca de 80 jogos, é humanamente impossível para qualquer atleta jogar 80 jogos no seu mais alto nível de rendimento, quiçá sem se lesionar. Se você o colocar nos 80 jogos, o risco de o atleta se lesionar é enorme. Com todos os recursos que o Marcos (Braz) colocou, é o que vai se fazer em relação ao calendário. O Flamengo criou um elenco robusto para disputar todas as competições. Você tem clubes com folha salarial similares ou até maiores em relação à do Flamengo. Não é só o recurso financeiro que traz a competitividade, mas é um indicador. Você tem os nove jogos da Copa América em que o Flamengo vai ser desfalcado.

— Essa escolha de priorizar a Copa do Brasil quem fez foi a CBF. Acho que a CBF fez uma escolha comercial. Ela deve lucrar R$ 200, R$ 300 milhões. É uma dedução. Do ponto de vista esportivo, não faz sentido você tirar todos os atletas de seleção, que devem ser 40 no Brasileiro, e desprestigiar o campeonato. É a última vez que vamos tocar nesse tema antes de o campeonato começar. Mas a CBF rompeu um princípio que ela tinha da isonomia quando fez essa escolha. O Campeonato Brasileiro não tem isonomia esportiva. Ele é mais difícil e desequilibrado para os clubes que têm atletas convocados.

Encerrando sobre o assunto calendário e CBF, Spindel sugeriu que a entidade cedesse os lucros da Copa do Brasil para os clubes. No entendimento do diretor flamenguista, o gesto seria uma forma de amenizar a situação das equipes prejudicadas pelas convocações de Copa América.

— O mínimo que a CBF poderia fazer era pegar os R$ 200, R$ 300 milhões de lucro que ela tem com a Copa do Brasil e distribuir para os clubes que são prejudicados. Aí pelo menos ia amenizar, ajudar os clubes a compensarem a perda com esses atletas que vão para as seleções.

Flamengo se prepara para sequência insana

Campeão carioca diante do Nova Iguaçu no último domingo (7), o Flamengo praticamente não teve tempo para comemorar a conquista. Na quarta-feira (10), o Rubro-Negro recebeu o Palestino, no Maracanã, e venceu a primeira pela Libertadores. Agora, a equipe de Tite vira a chave e foca as atenções na estreia do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (14), a partir das 16h (horário de Brasilia), o Mais Querido encara o Atlético-GO, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Calendário do Flamengo em abril

  • Atlético-GO x Flamengo – Campeonato Brasileiro – 14/04
  • Flamengo x São Paulo – Campeonato Brasileiro – 17/04
  • Palmeiras x Flamengo – Campeonato Brasileiro – 21/04
  • Bolívar x Flamengo – Copa Libertadores – 24/04
  • Flamengo x Botafogo – Campeonato Brasileiro – 28/04
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo