Brasil

Da infância difícil à Escócia, Bernabei chegou ao Internacional cheio de vontade

Apresentado pelo Internacional, o lateral esquerdo argentino Alexandro Bernabei recordou sua história de vida e falou sobre o retorno à América do Sul após passagem no Celtic

Talvez o retorno de Alexandro Bernabei ao futebol sul-americano tenha sido mais cedo do que ele imaginava. Após menos de duas temporadas no Celtic, da Escócia, o lateral esquerdo de 23 anos, revelado no Lanús, acertou contrato de empréstimo com o Internacional até o final de 2024. Mas isso está longe de ser algo ruim para o jogador, depois de tudo que ele passou na infância.

Bernabei foi criado pelos avós em Cañada de Gómez, cidade de 40 mil habitantes da província de Santa Fé. Em entrevista ao Olé, em 2019, o lateral contou que, após reaproximação com a mãe, aos 11 anos, ele trabalhava ordenhando vacas e descarregando sacos de areia e cimento. Também cuidava de carros em um cemitério em frente à casa onde moravam. Como moravam entre 15, tinha que fazer tudo que estava ao seu alcance para ganhar dinheiro e ajudar sua mãe e sua irmã a comerem.

Em sua apresentação no Internacional, na tarde desta quarta-feira (20), no CT Parque Gigante, Bernabei voltou a recordar sua infância. E destacou o suporte dos avós, que o possibilitou ser jogador de futebol e lidar com eventuais adversidades na carreira.

— Voltando à minha infância, foi dura. Tive a sorte de ser criado por duas pessoas muita boas, como meu avô e minha avó, que me deram tudo. Desde que minha avó se foi, meu avô cumpriu uma parte muito importante, porque foi ele que me ajudou a ir treinar, me levando ao clube. Isso nos fortalece, por isso quando cheguei à Europa não custou tanto, porque já tinha vivido bastante coisa. Hoje estar aqui, perto da família, e em um clube no qual as pessoas te querem, e demonstram carinho, te faz sentir bem — comentou o jogador.

Bernabei retorna ao futebol sul-americano após destaque no Lanús e uma temporada e meia no Celtic

Formado nas categorias de base do Lanús, Bernabei subiu ao profissional em período de vacas magras, quando, pela dificuldade financeira, o clube resolveu apostar nos pratas da casa. Rapidamente, o lateral se destacou, e foi titular do time vice-campeão da Copa Sul-Americana de 2020 — que, por conta da pandemia da Covid-19, terminou em 2021.

Bernabei foi vendido para o Celtic, na metade de 2022, por 4,35 milhões de euros (R$ 23,4 milhões pela cotação atual). Na Escócia, não conseguiu se afirmar como titular absoluto, sendo reserva na maior parte do tempo para Greg Taylor, titular da seleção local. Sem o espaço que gostaria, apareceu a proposta do Inter, que Bernabei viu com bons olhos.

— Quando um clube assim te abre as portas, e onde você estava não tinha oportunidade de jogar, e eram difíceis as situações, muitas vezes não se tem dúvida em retornar ao futebol sul-americano, porque esse é um clube grande — afirmou o jogador.

Bernabei tem características diferentes de Renê, com quem vai brigar por posição

O novo reforço colorado chega com a premissa de oferecer características distintas às de Renê, que era o único lateral esquerdo de ofício no elenco. Enquanto o companheiro de posição é mais defensivo, e costuma se posicionar na base da jogada, Bernabei é um jogador mais ofensivo e agudo, como ele mesmo reconhece.

— Meu forte são as chegadas ao fundo, a velocidade, e também adaptar-me à equipe. Porque não são só minhas características, mas também o que pede o técnico e o que necessita a equipe — ponderou o lateral.

Mesmo que Renê seja um jogador da confiança do técnico Eduardo Coudet, pelo equilíbrio e versatilidade que oferece à equipe, falhas dele em jogos grandes geram contestação da torcida colorada. Por isso, Bernabei pode postular uma vaga no time titular.

— Não tive muito a possibilidade de conversar com Renê, porque ele tem jogado seguido. São distintas qualidades, mas os dois vão deixar seu grãozinho de areia, e creio que poderemos formar uma boa dupla — projetou.

Mas essa briga sadia vai se estabelecer somente a partir do início da Copa Sul-Americana e do Campeonato Brasileiro. Isso porque Bernabei não pode atuar no Campeonato Gaúcho, cujo prazo de inscrição findou antes da chegada por empréstimo do lateral. Com isso, a estreia do novo camisa 26 do Inter deve ficar para o jogo contra o Belgrano, na Argentina, no dia 2 de abril.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo