Brasil

Arias vê semi contra o Flamengo como ‘oportunidade perfeita’ para Fluminense voltar a vencer clássicos

O Fluminense não vence clássicos há 11 jogos, mas Jhon Arias acredita que confronto com o arquirrival Flamengo, nas semifinais do Carioca, é o palco perfeito para voltar às vitórias

O Fluminense enfrenta o Flamengo no sábado (9), às 21h, com mais do que a semifinal do Campeonato Carioca em jogo. O Tricolor vive jejum de 11 jogos sem vencer clássicos, e para conquistar o tricampeonato estadual que não vem desde 1985, precisará voltar a bater seus rivais.

Herói do título da Recopa Sul-Americana e um dos jogadores mais importantes do time, Jhon Arias concedeu entrevista coletiva no CT Carlos Castilho nesta quinta (7), e vê o Fla-Flu como oportunidade perfeita para acabar com o tabu.

— O que nos trouxe até aqui foi o trabalho. Infelizmente, por algumas circunstâncias do jogo, perdemos alguns clássicos. Por vezes lances individuais ou erros coletivos. Estamos cientes disso. O Fluminense não é um time para ficar esse tempo todo sem ganhar clássicos. Depende de nós e temos a oportunidade perfeita para voltar a vencer e classificar para a final diante do Flamengo — afirmou Arias.

Jhon Arias foi o herói do título do Fluminense na Recopa Sul-Americana - Foto: LUCAS MERÇON/FLUMINENSE FC
Jhon Arias foi o herói do título do Fluminense na Recopa Sul-Americana — Foto: LUCAS MERÇON/FLUMINENSE FC

O colombiano, entretanto, sabe que o rival é dos mais difíceis que o Flu pode ter. Mas se tratando de uma decisão, a ambição é vencer, conquistar a vaga para a final e seguir vivo pelo tri.

— Estamos encarando a decisão com o Flamengo com a importância e a responsabilidade que sempre encara decisões. Sabemos que são dois jogos difíceis, muito importante para nós. Estamos totalmente focados e fechados para chegarmos da melhor forma. Sabemos que é muito importante para a continuidade da temporada. Chegamos com essa ambição de conseguir o tricampeonato.

Arias já até decidiu um Fla-Flu, em 2022, quando marcou um gol de cabeça para dar vitória ao Tricolor no último minuto, pelo Campeonato Carioca.

Fluminense tira lições de derrota para o Botafogo

A derrota para o Botafogo foi o último jogo da sequência sem vitórias do Fluminense em clássicos. O time saiu atrás, conseguiu o empate, mas, com um a menos, acabou superado pelo rival.

Arias acredita que o Flu precisa tirar lições desse jogo e se impor como bicampeão carioca. O colombiano vê o Fla-Flu como “palco perfeito” para voltar a vencer em busca do tricampeonato estadual.

— O jogo contra o Botafogo é uma lição muito boa para nós. Temos que trabalhar muito. Sabemos que precisamos melhorar algumas coisas que estão faltando no jogo. E como eu falo, estamos nessa procura da nossa melhor versão. O palco contra o Flamengo é o palco perfeito para mostrarmos a força do elenco, do Fluminense. Como eu falei, somos atuais bicampeões e queremos o tricampeonato.

‘Minha maior vitória é ser feliz', diz Arias sobre momento no Fluminense

Jhon Arias é um jogador diferente. Não só pela qualidade em campo, mas também pela mentalidade fora dele, o colombiano se mostra sempre distinto aos seus pares quando fala do futebol e da vida. Questionado sobre sua relação com a psicóloga Emily Gonçalves, que sempre destaca, o atacante rasgou elogios.

— Minha relação com a Emily (psicóloga do Fluminense) é uma relação ótima. Me ajudou muito desde a minha chegada até aqui. Uma pessoa que sempre que posso enaltecer o trabalho dela. Aqui no clube tem muita gente que trabalha muito fora das câmeras, fora do palco. Mas que são os que carregam o time nos momentos importantes, que não aparecem muito, mas que fazem o Fluminense atingir o lugar que o Fluminense tem atingido atualmente.

Após superar a morte de sua avó e um começo difícil no Fluminense para se tornar um dos melhores jogadores do time, do Brasil e da América, Arias sintetizou o que pensa sobre seu momento. Para o colombiano, sua maior vitória é ser feliz.

— Sempre sonhei com viver o que estou vivendo no Fluminense. Acho que minha maior vitória até aqui é ser feliz do jeito que estou sendo. Estou curtindo muito meu dia a dia aqui no clube, com a minha família e em tudo o que faço. Acho que as vitórias passam por aí. O Fluminense é um lugar que me acolheu bem, me faz sentir em casa e querido, e tento retribuir tudo isso para o clube. Três anos atrás eu tinha o sonho de viver tudo isso, e tomara que ao longo da minha vida eu consiga continuar sendo feliz, o qual é o mais importante.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo