Brasil

Mesmo com fim de reforma na sexta, Palmeiras corre contra o tempo para jogar possível semifinal no Allianz

Palmeiras precisaria dar expediente no domingo para poder cumprir o prazo estipulado no regulamento do Paulistão

Por meio de um comunicado distribuído à imprensa, a Real Arenas/ WTorre informou que vai concluir a reforma do gramado do Allianz Parque na sexta-feira (15).

Embora não tenha sido comunicado oficialmente pela parceira, o Palmeiras está ciente do prazo. Mas já sabe que não vai poder testar a superfície nesta semana. E, desse modo, não é certeza que uma possível semifinal de Campeonato Paulista poderá ser jogada na casa alviverde.

A programação de quinta-feira não pôde ser alterada a tempo, dado que a Real Arenas nem mesmo informou o Palmeiras oficialmente da data. E com jogo das quartas, contra a Ponte Preta, marcado para o terreno natural de Barueri, no sábado (16), não haveria sentido o time treinar no Allianz na sexta-feira.

Conforme o regulamento, o Palmeiras precisa informar seu local de mando à Federação Paulista de Futebol (FPF) com dez dias de antecedência. Desse modo, o ok precisa ser dado à entidade no domingo (17), já que a previsão é que as semifinais sejam na quarta (27).

Após o jogo de sábado, o time muito possivelmente estaria de folga no domingo. Também é dia 17, o limite para a FPF retirar a interdição do campo de jogo, que só acontece mediante solicitação de uma noiva inspeção por parte do Palmeiras.

Tudo isso, exceto caso a Federação aplicar uma extensão do prazo. Ou o Palmeiras teria de altera sua programação para poder dar seu parecer a tempo de uma semifinal.

Vale frisar que uma hipótese de adversário para o Palmeiras numa semifinal é o São Paulo, com quem o clube alviverde vive um momento de relação estremecida.

Normalmente, o clube presidido por Julio Casares não veria uma manobra com bons olhos.  Mas pode usar a ocasião como oportunidade de fazer uma cortesia, já que sabe ter passado do ponto no confronto da primeira fase. 

Dá para acreditar?

A previsão de conclusão da reforma no dia 15 é a terceira dada pela WTorre ao clube. A primeira foi para 20 de fevereiro. A segunda, para o último dia 12.

Segundo a Real Arenas, a cortiça importada esteve retida pela Receita Federal desde o dia 1º de março. E foi liberada na quarta (13). Ainda segundo a empresa, um novo carreto também deixará o Aeroporto de Viracopos, em Campinas, na quinta-feira (14).

A empresa afirma ainda que a Soccer Grass, sua fornecedora para insumos relativos ao gramado, já depositou dez toneladas de cortiça no estádio.

Abaixo, a íntegra do comunicado da Real Arenas

A Real Arenas informa que toda a cortiça necessária para a conclusão do gramado do Allianz Parque se encontra em Viracopos desde o dia 01/03 e que na tarde de hoje foi liberado um dos três carretos importados. Os outros dois serão nacionalizados até quinta (14/03) à noite pelas autoridades alfandegárias.

A empresa salienta que está trabalhando diuturnamente para que o Palmeiras possa voltar a mandar seus jogos no Allianz Parque o mais rápido possível e que não poupou esforços financeiros e de recursos humanos para solucionar definitivamente o problema.

A fornecedora Soccer Grass já instalou dez toneladas de cortiça na arena, e a previsão é que reforma esteja totalmente concluída em mais 48 horas.

Desta forma, o gramado estará pronto para os devidos testes dos jogadores do Palmeiras e pela Federação Paulista de Futebol para a liberação de disputa de partidas oficiais já na sexta-feira (15/03).

Foram importadas de Portugal 22 toneladas de cortiça, transportadas em uma operação que contou com sete aviões, para que o gramado da arena volte a ter o padrão de excelência a que os jogadores do Palmeiras e seus adversários estão acostumados.

Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata Lima

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, Diego cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo