Brasil

‘Nossos grandes reforços estão aqui dentro’: Abel adota morde e assopra na coletiva e confirma chegada de meia

Técnico do Palmeiras lamentou pouco poder de fogo do time no mercado, mas exaltou criatividade para buscar reforços

O técnico Abel Ferreira parecia satisfeito com o seu time, após a vitória por 2 a 0, sobre o Ituano, na noite de quarta-feira, pelo Campeonato Paulista.

Mas, adotando uma tática de elogiar e criticar ao mesmo tempo, o famoso “morde e assopra”, o português cobrou a diretoria por mais reforços.

— O Palmeiras tem 20 milhões para comprar um ponta? Não. Tem 15 milhões para comprar um meia? Não tem. Temos que usar outros recursos, da pesquisa, das oportunidades, esperar um pouco. Mas já disse que os reforços estão aqui dentro – disse o português, lamentando o pouco poder de fogo do clube no mercado, ao mesmo tempo, em que elogiava o trabalho do departamento de futebol para mapear possibilidades.

— O resto dos reforços, não vou repetir, é ver nossos centroavantes fazendo gols. Nossos grandes reforços estão aqui dentro. Dois gols, ainda não perdemos nos noventa minutos, e zero (gols) sofridos. Vamos continuar no nosso caminho — completou.

— Hoje o López entrou e fez gol, o Rony entrou e fez gol, e é isso que queremos. Os jogadores têm que sentir que há competição. Ninguém pode adormecer. O treinador não pode adormecer, ninguém — disse Abel.

Chegada de Rômulo

Abel aproveitou a entrevista coletiva para confirmar o acerto do Verdão com o meia Rômulo, 22, do Novorizontino.

— A presidente (Leila) e o diretor (Barros), até citando o Richard Ríos, dizem ‘É desses jogadores que precisamos'. Mas nem todos os jogadores são assim — disse ele, dando mais um recado direto.

Até quando comentou a situação de Breno Lopes, cujo nome esteve vinculado ao Vasco na última semana, Abel deu mais uma cutucada na diretoria.

— É tão difícil contratar jogadores que eu não posso dispensar jogadores como o Breno. É um jogador que gostamos. Precisamos de jogadores que nos ajudem, entrando ou sendo titulares. Não tenho informação nenhuma (sobre a negociação do Vasco). Sei que ele está contente por pertencer a esse grupo campeão. Nós também estamos contentes por contar com um jogador como ele.

Já sobre a formação inusitada do time, que contou com três zagueiros e três volantes, além de explicar que seu objetivo é criar superioridade numérica no ataque, ele elogiou suas opções no meio-campo.

— É olhar para os jogadores que temos e ver quem estava na melhor forma. Aceito as vossas opiniões, alguns gostam e outros não. Hoje foram esses, amanhã podem ser outros. O meio é onde temos muita concorrência boa.

Mayke fora

Num futuro próximo, quando for procurar quem está em melhor forma, Abel não poderá contar com Mayke.

Sem confirmar por quanto tempo, o treinador revelou que o lateral vai ficar um período fora da equipe. Segundo informou o Palmeiras, o camisa 12 tem uma lesão na coxa direita.

— O Mayke se lesionou, infelizmente. Vai ficar de fora durante algum tempo. Não sei quanto, espero que não seja muito — disse.

Próximos jogos do Palmeiras:

  • Santo André x Palmeiras – Campeonato Paulista – Segunda-feira – 12 de fevereiro, às 19h (horário de Brasília). Transmissão: Paulistão Play e CazéTV
  • São Bernardo x Palmeiras – Campeonato Paulista – Quinta-feira – 15 de fevereiro, às 19h30 (horário de Brasília). Transmissão: TNT e HBO Max
  • Palmeiras x Corinthians – Campeonato Paulista – Domingo – 18 de fevereiro, às 18h (horário de Brasília). Transmissão: Paulistão Play e RecordTV
Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata Lima

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023
Botão Voltar ao topo