Ásia/Oceania

Xavi, Sneijder, Forlán: O sábado foi cheio de golaços de falta dos velhos craques pela Ásia

O futebol asiático costuma ser um refúgio costumeiro aos veteranos. Há aqueles que desejam encher seus bolsos e, por isso, vão para o Oriente Médio, para a Índia ou para o Extremo Oriente. Ao mesmo tempo, alguns mais aventureiros buscam ligas menores para os lampejos finais. Neste sábado, particularmente, a Ásia mais pareceu um retiro da Copa do Mundo de 2010. Três dos melhores jogadores daquele Mundial anotaram belos gols de falta: Xavi, desde 2015 defendendo o Al-Sadd, do Catar; Wesley Sneijder, que desembarcou recentemente no mesmo país, jogando pelo Al-Gharafa; e Diego Forlán, que não foi feliz em seu retorno ao Peñarol e acumula milhagens pelo continente asiático – depois de defender Cerezo Osaka e Mumbai City, agora está no Kitchee, de Hong Kong. O uruguaio, não contente em fazer um tento de falta na rodada anterior, desta vez marcou dois. Vale conferir:

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo