Ásia/Oceania

Solução caseira? De novo o baixinho!

Depois da eliminação prematura nas Eliminatórias para a Copa de 2010, quando foi massacrada e eliminada pela Síria ainda na primeira etapa, a seleção da Indonésia volta a apostar em um treinador local. Benny Dollo, 57 anos, é a bola da vez.

Temperamental, disciplinador e obcecado pela eficiência, foi auxiliar da ‘Merah Putih’ – como é conhecida a seleção – no inicio dos anos 90, e treinador principal em 2001. Será sua terceira passagem.

“A escolha do Benny Dollo é um processo natural onde as opções Internacionais não funcionaram como eles desejavam. Ele é um treinador muito experiente e com um ótimo currículo local nos últimos anos” nos conta o técnico brasileiro Jacksen Tiago, que treinou o Persiter Tenater, em 2007.

“Jacko”, como é chamado no grande arquipélago indonésio, também critica a metodologia local e a mentalidade pouco profissional.

“Falta planejamento, pois é difícil alcançar o sucesso na seleção quando não se tem um calendário bem organizado ou mesmo estrutura profissional nos clubes” completa.

Produtivo, Benny Dollo (foto acima) levou o Arema Malang, da 2ª divisão, até o bicampeonato da Copa da Indonésia (2005/6). Suas equipes frequentemente alinham em um 3-5-2, apesar da aposta no 4-4-2 básico no ano passado dirigindo o Persita Tangerang.

“Acho que foi uma escolha inteligente porque o Dollo conhece bem os jogadores na liga, algo que os dois últimos treinadores estrangeiros (o búlgaro Ivan Kolev e o inglês Peter Withe) deixavam a desejar” analisa Stefano Cugurra, Preparador Físico brasileiro, do Persebaya Surabaya.

Os jogadores que já trabalharam com ele ressaltam sua personalidade marcante e mesmo rude às vezes. Embora reconheçam que seus métodos trazem resultados.

Um deles é o brazuca ‘Liu’, do Persiba Balikpapan.

“Tive a oportunidade de trabalhar com o Dollo. Ele é muito inteligente na parte tática e psicológica, só peca um pouco por ser autoritário” disse a Trivela o médio-volante baiano.

Nesses dois anos de contrato que Benny Dollo terá de cumprir, veremos se consegue colocar a seleção do maior arquipélago do mundo nos trilhos….das vitórias.

CURTAS

JAPÃO
– O meia Botti viaja hoje (21/01) para sua segunda temporada no Vissel Kobe. Revelado no Vasco, o jogador de Juiz de Fora, Minas Gerais, também atuou cinco anos no Jeonbuk Motors, da Coréia do Sul.

INDONÉSIA
– O técnico Jacksen Tiago está em negociação com o PSM Makassar. O treinador carioca só está receoso com alguns empresários africanos e chilenos, que podem atrapalhar.

ARABIA SAUDITA
– O Al Ittihad continua ‘sobrando’ na liderança, os atuais campeões venceram o clássico da cidade de Jeddah contra o Al Ahli por 1 a 0, gol de Alhassan Keita, jogador do Guiné. O atacante brasileiro Magno Alves, ex-Fluminense, e agora no clube aurinegro, perdeu muitos gols.

QATAR
– O Al Arabi anunciou que o atacante boliviano Juan Carlos Arce, ex-Corinthians, se apresentará esta semana.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo