Ásia/Oceania

Sem perder o pique

A luta do Persipura para conquistar o tricampeonato indonésio segue cada vez mais consistente. Os Mutiara Hitam (pérolas negras*), como são conhecidos no maior arquipélago do mundo, lideram a temporada sob o comando do técnico brasileiro Jacksen Tiago. A equipe parece não ter sentido as interrupções que o campeonato sofreu para a disputa da Suzuki Cup (antiga Tiger Cup) e os jogos das Eliminatórias para a Copa da Ásia 2011.

“Nosso trabalho de preparação foi favorecido pelo fato de termos mantido todo o elenco e mantermos o conjunto da equipe intacto. Fizemos uma mini-preparação em um hotel fazenda na cidade de Batu, aonde eu sempre preparo minhas equipes até hoje, pois lá temos toda uma infra-estrutura e o local deixa o grupo mais unido e concentrado no trabalho” conta “Jacko”, como também é chamado o técnico carioca.

Campeão indonésio em 1976 e 2005, os rubro-negros de Jayapura tem colecionado resultados expressivos como as goleadas de 6 a 0 sobre o Persija e 5 a 0 em cima do Arema Malang, que disputou a Liga dos Campeões da Ásia de 2007. Outra vitória muito repercutida foi os 3 a 1 sobre o Persela Lamongan, que não perdia em casa há 23 jogos. Além disso, o Persipura tem a defesa mais intransponível do certame com apenas 16 gols tomados.

Ídolo no país nos tempos de jogador na década de 90, o comandante brasileiro de 40 anos não pensa em outra coisa que não seja a taça.
“Temos grande possibilidade de mantermos a pegada, pois o grupo vem ganhando em conjunto, personalidade e maturidade” avalia.

Lembrando que o Persipura completa 60 anos em 2010 e nada melhor que comemorar o aniversário do clube disputando uma vaga na Liga dos Campeões da Ásia. Para isso, ganhar o título nacional é prioridade absoluta, até porque o próprio significado do nome da cidade de Jayapura – que quer dizer ‘Cidade da Vitória’ – reforça o objetivo…

* Pérolas negras: No inicio dos anos 50, quando o clube foi fundado, a grande maioria dos jogadores eram de origem melanésia, um dos povos mais antigos do pacífico – concentram-se principalmente nas ilhas Molucas, Nova Guiné, ilhas Salomão, Vanuatu, Nova Caledónia e Fiji – e são de tez negra. Por isso o apelido “pérolas negras”.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo