Ásia/OceaniaEspeciais

O Sanfrecce Hiroshima fez questão de lembrar os três anos do tsunami que abalou o Japão

Quando Tsukasa Shiotani cabeceou para abrir o placar a favor do Sanfrecce Hiroshima contra o Central Coast Mariners, a comemoração do gol estava planejada e não era nenhuma dancinha. Os jogadores deitaram no chão para homenagearem as vítimas do tsunami japonês, que matou mais de 15 mil pessoas e ainda causou um desastre nuclear na usina de Fukushima – além de ter até mesmo destruído parte de um dos palcos do Campeonato Japonês, o Estádio Yurtec, do Vegalta Sendai.

Foi há exatamente três anos. Por isso, os jogadores deitaram no chão para formar a data desta terça-feira: 11/3.  Um jogador, o camisa 10, ficou em pé, orando. Uma homenagem bonita e criativa.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.