Ásia/Oceania

Kashima goleia na segunda rodada da Champions League asiática

Na terceira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia, o destaque veio do grupo G. O Kashima Antlers, treinado pelo brasileiro Oswaldo de Oliveira, goleou o Singapore Armed Forces, em Kashima, por 4 a 1. Com a vitória, a equipe alcançou a ponta da chave, com seis pontos. Jogando em Cingapura, a equipe nipônica abriu o placar aos 23 minutos da primeira etapa, com Masashi Motoyama, de voleio. Dois minutos depois, no entanto, Aleksandar Duric, de cabeça, empatou o jogo para o clube anfitrião. Aos 28, o Kashima voltou à frente, com Uchida, que concluiu jogada de Ogasawara. E, no segundo tempo, Yuya Osako e Bennett fizeram o 4 a 1 final.

No outro jogo do grupo, Shanghai Shenhua e Suwon Bluewings, ambos também com seis pontos, fizeram um duelo equilibrado, em Xangai. A equipe da casa abriu o placar com Yanko Valkanov, de cabeça, aos 17 minutos do primeiro tempo. Também com uma cabeçada, o zagueiro Li Weifeng empataria para o Suwon. Somente aos 29 minutos do segundo tempo os anfitriões garantiriam a vitória, num chute do bielorrusso Vyacheslav Hleb.

Pelo grupo E, foi a vez do Newcastle Jets arrumar um ótimo resultado. O time australiano foi ao Japão, enfrentar o Nagoya Grampus, e obteve empate por 1 a 1. Por intermédio de Elrich, os Jets abriram o placar, mas os donos da casa conseguiram o empate com Keiji Tamada, que iniciara a partida no banco de reservas. O outro jogo do grupo trouxe a vitória do Ulsan Hyundai sobre o Beijing Guoan, por 1 a 0.

No grupo A, o Pakhtakor, do Uzbequistão, teve mais facilidade para obter um triunfo sobre o Saba Battery, do Irã, após a expulsão de Mohsen Yousefi. Porém, o placar de 2 a 0 só foi estabelecido no segundo tempo, com gols de Geynrikh e Tadjiev. O Al-Hilal, da Arábia Saudita, conseguiu virada difícil sobre o Al-Ahli, dos Emirados Árabes, na outra partida. Ahmed Khalil abriu o placar, após roubar a bola de Al Nakhli e chutar no canto de Mohammed Al-Deayea. No entanto, Yasser Al-Qahtani empatou aos 32, após cruzamento de Seol. E o gol da vitória foi convertido somente nos acréscimos, com pênalti convertido pelo romeno Mirel Radoi.

E, finalmente, nas duas partidas do grupo C, somente um gol marcado: o gol que fez o Umm-Salal, do Catar, vencer o Esteghlal, do Irã. Al-Jazira e Al-Ittihad empataram sem gols.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo