Ásia/Oceania
Tendência

J.League promove temporada 2023 com vídeo emocionante sobre origem de estrelas japonesas na Copa

A J.League lembra os torcedores que as estrelas que eles torcem na seleção japonesa na Copa começam ali, em um belo vídeo para lembrar a origem dos Samurais Azuis

O Japão foi um dos grandes derrubadores de gigantes nesta Copa do Mundo. Foi o líder do Grupo da Morte, que tinha Espanha e Alemanha. Venceu os dois campeões do mundo – e perdeu da Costa Rica – e se classificou às oitavas de final. O sonho parou ali, quando o time, mesmo em um bom jogo, acabou eliminado nos pênaltis para a resiliente Croácia. Mesmo assim, deixou uma boa impressão e a J.League aproveitou o sucesso da seleção japonesa, e de seus jogadores, para lançar um vídeo promocional emocionante e inteligente: não é preciso esperar quatro anos para ver as próximas estrelas japonesas, apenas dois meses: quando começa a próxima temporada da J.League, que começa em fevereiro.

O vídeo divulgado pela liga promove a origem de diversos jogadores que brilharam na Copa, como o zagueiro e lateral Takehiro Tomiyasu, Hikoki Ito, Yuto Nagatomo, Kaoru Mitoma, Ritsu Doan, Takefusa Kubo, Junya Ito e outros. A ideia é lembrar que esses jogadores que representarão o Japão na Copa do Mundo em 2026 começam a ser formados ali, na J.League, quando eles despontam para o futebol mundial, e é possível acompanhá-los no dia a dia.

Assim como acontece em muitas seleções da Copa do Mundo, a grande maioria dos jogadores dos Samurais Azuis atua na Europa. Alguns poucos atuam na liga local, mas é comum que assim que eles se destacam, migram para clubes europeus. Os japoneses têm especial entrada no futebol alemão, onde muitos dos seus jogadores atuam. Mas, assim como acontece no Brasil, por exemplo, podemos ver a origem dos nossos jogadores atuando aqui, como foi com Neymar, com Richarlison, com Vinícius Júnior, com Casemiro e outros tantos.

A origem, afinal, é no dia a dia do torcedor e, um dia, esses jogadores podem estar representando a seleção do país na Copa do Mundo. A ideia da J.League é excelente por isso: lembra aos torcedores que o futebol do dia a dia é também o futebol da Copa, só que muitas vezes bem antes de ser aquela estrela que fará o gol da vitória sobre a Alemanha.

Confira o vídeo:

O que diz o vídeo:

“Os nomes que perdemos a voz gritando… O locutor grita”.

“O jogador que vimos no estádio… Eu o vi novamente”.

“O canto que cantamos… Acho que ouvi na tela”.

“O apelido que o chamávamos… O narrador gritou de novo e de novo”

“Ele era um jogador tão ruim, agora ele é confiável”

“O tempo que passamos juntos…”

“As emoções que sentimos juntos…”

“As cenas que vimos no estádio”

“Antes disso, esses jogadores estão aqui agora”

“Onde quer que eles vão…”

“Por quem quer que joguem…”

“Eles sempre serão nossos garotos”.

“Eles sempre estarão nos representando”.

“A Copa acabou e logo voltaremos à nossa rotina”.

“Os próximos líder podem ser parte dessa rotina…”

“Talvez eles estarão no campo no nosso estádio habitual”

“Começa agora”

“Não em quatro anos, em dois meses”

(Tradução via Twitter de Dan Orlowitz)

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo