Ásia/Oceania

Guerreiros repetem a dose na S-League

Cingapura tem a única liga de futebol bem organizada do sudeste asiático. Isso é fato!

Na última semana o Singapore Armed Forces (SAFFC) garantiu o bicampeonato da S-League na derradeira rodada da competição ao bater o Gombak United por 2 a 1 e garantir o sexto título na história do clube da moderna cidade de Choa Chu Kang.

Foi uma das temporadas mais excitantes desses 12 anos de profissionalismo na liga cingapuriana. SAFFC, Home United e Tampines Rovers disputaram palmo a palmo a liderança do inicio ao fim.

Na última rodada, todos poderiam levantar a taça. Os “Warriors” tinham 76 pontos, o Home United, 75, e o Tampines Rovers, 74. Todos venceram seus desafios e o time das Forças Armadas garantiu o caneco (foto ao lado).

Com 79 pontos desenhados em 25 vitórias, 4 empates e 4 derrotas, o campeão marcou 95 gols e sofreu 38. Foi a segunda melhor campanha dos seis títulos nacionais do SAFFC, que ainda teve o goleador da competição, o veterano centroavante australiano (de origem bósnia) Alexander Duric, de 37 anos….e 37 gols marcados na liga! Quase o dobro do segundo colocado, o astro local Noh Alam Shah, que fez 19.

Quando o assunto é S-League ninguém melhor para falar do que Egmar Gonçalves, mais de 300 gols marcados em 11 anos de Home United e seleção de Cingapura. Pegamos o telefone e falamos com ele no dia seguinte.

“Talvez o Tampines Rovers seja mais forte. Mas o conjunto e a força do grupo que o SAFFC tem é muito grande. Esse título foi merecido”. Conta o jogador, que abandonou o futebol este ano.

Sobre o goleador Duric, que também ganhou quatro troféus (jogador do ano, artilheiro, jogador do povo e um especial por superar os 200 gols na liga), Egmar é enfático.

“O Mirko (Grabovac) tem se machucado muito. Ele era o único que poderia competir com o Duric na artilharia. Não existem grandes goleadores no país. A média do Alam Shah é aquela ali mesmo (15 a 20 gols)” esclarece.

Os dilemas de Bok: equilíbrio e constância

Com apenas 38 anos, Richard Bok é o segundo treinador local a conquistar a S-League. O comandante do Singapore Armed Forces em um espaço de três anos, passou de auxiliar a um dos técnicos mais badalados da região.

Ao contrário das mudanças contínuas de esquemas táticos dos rivais Home United e Tampines Rovers, Bok alinhou os “Warriors” no 4-4-2 britânico durante toda a competição.
O discurso basilar dele e dos jogadores após a conquista foi que a regularidade e a força do conjunto superou as expectativas e que vencer a S-League pela segunda vez foi muito mais difícil que a primeira.

O meio-campo é o setor mais interessante dos bicampeões cingapurianos. Noor Ali, leve e experiente, é o motor do time. O inglês John Wilkinson, que veste a ‘10’ e o tailandês Therdsak Chaiman, de apenas 1,66 de altura, são o ponto de luz quando o objetivo é procurar algum indicio de técnica na equipe.

Na frente habita um demolidor de origem eslava que veio da ensolarada Austrália. Alexander Duric, um possante centroavante canhoto (1,92 alt, 88kg) que está há sete anos marcando gols escondido na minúscula Cingapura. Primeiro pelo Geylang United e desde 2005 pelo SAFFC. Aos 37 anos, é seu melhor momento na carreira.

Contando com a confiança e a competência de um plantel concentrado e focado nos objetivos do clube, Richard Bok tem se firmado como um treinador capaz de fazer muito não só pelos “Warriors”, mas pelo futebol de Cingapura. O futuro é dele.

Destaques da S-League 2007

MELHOR JOGADOR:
Alexander Duric, 37 anos, australiano, centroavante do Singapore Armed Forces.

MELHOR JOVEM:
Sharif Samat, 23 anos, cingapuriano, defensor do Tampines Rovers.

MELHOR TÉCNICO:
Richard Bok, 38 anos, treinador do Singapore Armed Forces.

MELHOR TORCIDA:
Geylang United

PRÊMIO FAIR PLAY:
Albirex Niigata, clube satélite do homônimo japonês.

JOGADOR DO POVO:
Alexander Duric

GOL DO ANO:
Therdsak Chaiman, 34 anos, meia tailandês, no jogo SAFFC 5×2 Young Lions, em 28 de julho no Warriors Arena.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo