Ásia/Oceania

Goleiro sul-coreano fez buraco na marca da cal, e o resultado é o que você pensou mesmo

É quase inevitável que, após um pênalti marcado, o árbitro seja cercado por atletas de uma equipe. A reclamação por um cartão ou até mesmo para acumular pressão em cima da arbitragem para influir nas decisões seguintes é de praxe, sempre acontecerá, e já tem gente achando uma utilidade para o tempo gasto durante toda a discussão. O goleiro Lee Bum-young, do Busan IPark, por exemplo, decidiu aproveitar a distração dos colegas para acabar com a marca da cal e ganhar uma vantagem na hora de pegar o pênalti.

VEJA TAMBÉM: West Ham inicia despedida do Boleyn Ground com um vídeo de arrepiar

A tática deu tão certo que Bum-young sequer precisou fazer a defesa. Os seguidos chutes do arqueiro na marca do pênalti claramente influenciaram a cobrança do adversário, que isolou a bola como se estivesse na disputa de Brasil e Paraguai pela Copa América de 2011. Depois dessa, é bom as seleções que tiverem a Coreia do Sul pela frente ficarem espertas quando tiverem penalidades a seu favor, afinal Lee Bum-young, por sua capacidade (de defender e entender a malandragem necessária para ganhar um jogo), conseguiu espaço na seleção sul-coreana.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo