Ásia/OceaniaCopa da Ásia

Enquanto o pau comia entre sauditas e norte-coreanos, ele resolveu fazer embaixadinhas

Guarde esse nome: Salem Al Dawsari. Não que o meio-campista de 23 anos prometa ser um grande nome do futebol, embora venha mostrando serviço pelo Al Hilal e pela seleção saudita. O fato é que o jovem protagonizou uma das melhores cenas da Copa da Ásia até o momento. Se o torneio tem sido pródigo em peculiaridades, como o gandula que ajudou nas penalidades e a exaltação ao ditador norte-coreano, Al Dawsari se tornou candidato forte ao prêmio de momento mais inusitado.

O lance aconteceu durante a goleada por 4 a 1 sobre a Coreia do Norte, nesta quarta. Enquanto um companheiro saudita se contorcia em campo após sofrer falta e os jogadores das duas equipes batiam boca, Al Dawsari resolveu brincar com a bola. Como se nada acontecesse a sua volta. Uma dezena de embaixadinhas e outras provas de habilidade, enquanto o pau comia. Simplesmente surreal.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo