Ásia/Oceania

De olho no bi

O Brisbane Roar ganhou o direito de jogar em casa, no Suncorp Stadium, a decisão da A-League. Por conta do regulamento da competição, o time, que foi o segundo colocado na fase de classificação, disputou este direito em jogos de ida e volta contra o Central Coast Mariners.

No primeiro confronto, em casa, o Roar venceu por 2 a 0 no dia 31 do mês passado. No segundo, no domingo, jogando em Gosford, nova vitória do time laranja, agora por 3 a 2.

Dois jogadores vêm sendo fundamentais para a boa campanha da equipe, que busca o bicampeonato: o albanês Besart Berisha e o brasileiro Henrique Silva. Berisha, que nasceu na Iugoslávia e tem passagens pelo futebol da Alemanha e da Inglaterra, é o artilheiro da liga, com 19 gols marcados. Henrique, o “peixe ensaboado”, como é conhecido na Austrália, foi revelado pelo América Mineiro, e está no clube desde 2009. O jogador marcou um gol em cada confronto contra o Central Coast Mariners, na chamada “Major Semifinal”.

Henrique, aliás, entrou para a galeria dos ídolos do Brisbane Roar graças ao gol marcado na decisão do título da temporada passada, contra o mesmo Central Coast Mariners. O time de Gosford vencia a prorrogação por 2 a 0 quando, aos 11 minutos do segundo tempo, o brasileiro fez o primeiro gol do Roar. No último lance do tempo extra, o volante Erik Paartalu marcou, de cabeça, o gol de empate, que levou a partida para os pênaltis. Na decisão por pênaltis, coube a Henrique fazer o gol que deu o título ao time de Brisbane.

A final da temporada passada pode ser repetida. O Central Coast Mariners enfrenta, neste domingo, o Perth Glory, que venceu o playoff das equipes que terminaram a fase regular entre o terceiro e o sexto lugar. O time eliminou os neozelandeses do Wellington Phoenix por 3 a 2, com um gol de Todd Horwarth já no segundo tempo da prorrogação.

O elenco do Brisbane Roar conta com outros três estrangeiros, além de Berisha e Henique: o nipo-canadense Issey Nakajima-Farran, meio campista; o zagueiro Sayed Mohamed Adnan, do Bahrein; e o alemão Thomas Broich, um dos líderes em assistências do campeonato.

Além da disputa pelo bicampeonato nacional, o Brisbane Roar tem ainda suas atenções voltadas para a Liga dos Campeões da Ásia. Assunto para o nosso próximo tópico.

Liga dos Campeões: balanço do primeiro turno

Na semana passada, 16 jogos marcaram a terceira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia. E Al Jazira, dos Emirados Árabes; e Al-Ittihad, da Arábia Saudita; que lideram os grupos A e B, respectivamente, mantiveram os 100% de aproveitamento e praticamente se garantiram na próxima fase.

O Al-Jazira venceu o Esteghlal em Teerã por 2 a 1, em jogo que valia a ponta no grupo A. O Al-Ittihad venceu em casa o Bani Yas por 1 a 0.

Nos demais jogos, o Buriram United, que estava sendo a sensação do torneio conheceu seu primeiro revés: 2 a 0 para o Jeonbuk Hyundai Motors. O time ainda lidera o grupo H com 6 pontos, já que Kashiwa Reysol e Guanghzou Evergrande não saíram do 0 a 0.

No grupo G, o grupo dos empates, finalmente alguém venceu: o Nagoya Grampus foi a Tianjin, na China, e bateu o Teda por 3 a 0. Foi o único dos seis jogos já disputados no grupo em que uma equipe saiu vitoriosa – obviamente por isso o Grampus se tornou líder isolado, com cinco pontos.

A próxima rodada acontece na semana que vem, nos dias 17 e 18 (terça e quarta-feira). Além de Al-Jazira e Al-Ittihad, os iranianos Persepolis e Sepahan também podem garantir a classificação antecipada para as oitavas de final.

Os resultados da 3ª rodada foram os seguintes:

Grupo A: Esteghlal 1 x 2 Al-Jazira e Al-Rayyan 3 x 1 Nasaf Qarshi
Grupo B: Pakhtakor 3 x 1 Al-Arabi e Al-Ittihad 1 x 0 Bani Yas
Grupo C: Sepahan 2 x 1 Lekhwiya e Al-Nasr 1 x 2 Al-Ahli
Grupo D: Al-Shabab 1 x 1 Al-Hilal e Al-Gharafa 0 x 3 Persepolis
Grupo E: Gamba Osaka 3 x 1 Bunyodkor e Pohang Steelers 1 x 0 Adelaide United
Grupo F: Ulsan Hyundai 1 x 1 Brisbane Roar e Beijing Guoan 1 x 1 FC Tokyo
Grupo G: Central Coast Mariners 1 x 1 Seongnam Ilhwa Chunma e Tianjin Teda 0 x 3 Nagoya Grampus
Grupo H: Kashiwa Reysol 0 x 0 Guanghzou Evergrande e Buriram United 0 x 2 Jeonbuk Hyundai Motors

CURTAS

Nos Emirados Árabes, o Al-Ain está cada vez mais perto do título. Comandado pelo atacante ganês Asamoah Gyan, artilheiro do campeonato com 15 gols, o Al-Ain está nove pontos à frente do Al-Shabab (42 a 33), com apenas cinco jogos para terminar a liga. O líder enfrenta o Al-Wasl, fora de casa, no sábado.

Já no Qatar, a última rodada da liga acontece na sexta-feira. O Lekhwiya, que assegurou o bicampeonato com duas rodadas de antecipação, joga fora de casa contra o Al-Rayyan, terceiro colocado, que ainda luta para se classificar para a Liga dos Campeões em 2013.

No Japão, o Vegalta Sendai lidera, com 13 pontos. O joga no sábado, fora de casa, contra o Kashiwa Reysol. O destaque (negativo) da J-League é a péssima campanha do Kashima Antlers, lanterna da competição com apenas um ponto em cinco jogos.

Os dois times de Guanghzou estão na ponta da tabela da liga chinesa, depois de cinco rodadas. O recém-promovido R&F lidera com 12 pontos, dois a mais que o Evergrande, campeão da última temporada. O atacante de Zâmbia Chris Katongo é o artilheiro da competição, com quatro gols em cinco jogos.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo