Ásia/Oceania

Criticar o técnico da seleção rendeu três meses de prisão para um jogador dos Emirados Árabes

Um vídeo publicado na internet com críticas ao técnico da seleção dos Emirados Árabes, Madhi Ali, rendeu a Abdullah Qassem, jogador do Al-Dhafra, clube da liga do país, uma sentença de três meses de prisão. Ele foi condenado na corte de delitos de Abu Dhabi por “usar serviços de telecomunicações para ofender e ferir os sentimentos dos outros” e “violar o código de ética para mensagens públicas na internet”, segundo o jornal local The National.

LEIA MAIS: A seleção síria dá motivos de orgulho em meio a um país esfacelado pela guerra

Qassem, que chegou a defender a seleção dos Emirados Árabes três vezes, pediu para um companheiro de time gravá-lo fazendo gestos ofensivos e duras críticas ao técnico por ter ficado fora de uma convocação. O colega que segurou a câmera não teve o nome divulgado, mas também ficará preso por três meses. Os dois jogadores foram suspensos pelo clube durante a investigação do caso.

O advogado de Qassem alega que seu cliente, na verdade, é vitima nessa história toda, porque o vídeo foi publicado na internet sem o seu consentimento. Acrescenta que o técnico Madhi Ali nem prestou queixas na Justiça contra o jogador.

De qualquer maneira, Qassem ficará os próximos três meses na prisão e dificilmente voltará a usar a internet para fazer críticas públicas ao seu treinador ou a qualquer pessoa. Afinal, ferir os sentimentos dos outros na rede de computadores rende prisão nos Emirados Árabes, como pudemos observar. Imagina se a moda pega?

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!