Ásia/Oceania

Copa do Imperador

A Copa do Imperador é, senão o mais importante, o torneio mais emblemático do futebol asiático. A competição, que está na sua nonagésima edição, chega às semifinais neste sábado, dia 25. Depois do recesso do final da temporada da J-League, a reta final da competição é disputada em apenas uma semana, e serve como última esperança de acesso à Liga dos Campeões da Ásia para quem não se classificou na liga.

Dos oito clubes que ainda tem chances de conquistar o título, apenas uma não jogou a J-League 1 em 2010: o Avispa Fukuoka, terceiro colocado na segunda divisão, que conseguiu seu acesso para a elite na próxima temporada. O time bateu, nos pênaltis, o Omiya Ardija, por 4 a 3, depois de empate em 2 a 2 no tempo normal, e se qualificou para continuar na disputa. Nas quartas de final, o Avispa Fukuoka enfrenta o FC Tokyo, que fez péssima campanha na J-League e, com 36 pontos, acabou rebaixado para a J-League 2. O jogo acontece no Kumagaya Athletic Stadium, em Kumagaya.

O atual bicampeão da Copa do Imperador é o Gamba Osaka. O time consolida, a cada ano, sua condição de uma das principais forças do futebol do país: foi terceiro na J-League 1 em 2009 e vice-campeão este ano. Para tentar o tricampeonato da Copa do Imperador, o time terá pela frente, nas quartas de final, o Urawa Red Diamonds, 10º colocado na J-League. O jogo acontece em Suita.

O vencedor de Gamba Osaka x Urawa Red Diamonds pega, na semifinal, quem sair do confronto entre Montedio Yamagata e Shimizu S-Pulse, em Shizuoka. O Montedio Yamagata passou boa parte da Liga ameaçado pelo rebaixamento, mas conseguiu se salvar, terminando na 13ª colocação, com 42 pontos. Na Copa do Imperador, o time eliminou, nas quartas, um dos favoritos, o Kawasaki Frontale: 2 a 2 no tempo normal, 1 a 1 na prorrogação e 5 a 4 nos pênaltis.

O Shimizu S-Pulse chegou a liderar a J-League, mas perdeu força no segundo turno, terminando o torneio em um modesto sexto lugar. O time conta com os gols de Shinji Okazaki, que fez 13 gols na liga e marcou duas vezes na vitória por 3 a 0 sobre o Yokohama F-Marinos, nas quartas.

Porém, o duelo que gera o maior interesse da torcida e da imprensa é entre Kashima Antlers e Nagoya Grampus. O Kashima joga em casa e conta com o apoio de seu torcedor para continuar sonhando com o título que salvaria a temporada. Depois de perder a hegemonia da J-League para o próprio Nagoya Grampus e não passar das oitavas na Liga dos Campeões, o Kashima terminou a liga na quarta colocação e depende do resultado da Copa do Imperador para se classificar para a competição continental no ano que vem.

Por sua vez, o Nagoya Grampus, vice-campeão da Copa do Imperador em 2009, quer o título que não conquista desde 99. Além disso, nas últimas dez edições do torneio, apenas em três ocasiões um clube venceu, na mesma temporada, a J-League e a Copa do Imperador: o próprio Kashima, em 2000 e 2007; e o Urawa Red Diamonds, em 2006.

O vencedor de Kashima Antlers x Nagoya Grampus enfrenta, na semifinal, quem passar de Avispa Fukuoka e FC Tokyo.

Aumenta a expectativa pela Copa da Ásia

Faltando duas semanas para o início da Copa da Ásia, no Catar, as 16 seleções participantes já intensificam sua preparação. Com a confirmação de alguns de seus principais jogadores que atuam na Europa, equipes como Japão e Coreia do Sul aparecem como favoritas ao título.

Na terça-feira (28), a Confederação Asiática divulga a lista final dos 23 convocados de cada seleção que vão participar do torneio. Cada federação nacional pôde mandar uma lista preliminar com até 50 nomes.

Na Coreia do Sul, o torneio vai marcar a despedida de Park Ji-Sung da seleção. Aos 29 anos, o jogador do Manchester United quer dar espaço a jogadores mais jovens na seleção nacional, além de focar mais na sua carreira com o time inglês.

Enquanto isso, a seleção australiana ganhou um sério problema: o atacante Josh Kennedy, um dos artilheiros da J-League nesta temporada, vem sofrendo com dores na coluna, que segundo a imprensa japonesa, podem o deixar de fora do torneio.

No Catar, a empolgação pela escolha como sede da Copa do Mundo de 2022 faz redobrar os cuidados para que a Copa da Ásia seja um sucesso de organização. O comitê organizador local anunciou esta semana que conseguiu junto ao governo do emirado a facilitação para a obtenção de vistos para quem quiser ir ao país para trabalhar ou assistir aos jogos da Copa da Ásia.

Brisbane Roar dispara na A-League

Na A-League, depois de 19 das 27 rodadas disputadas, o Brisbane Roar abriu boa vantagem diante dos rivais e praticamente se garantiu nos playoffs. Mesmo sendo uma das três equipes que já atuaram 22 vezes, o time da costa nordeste está com uma campanha irrepreensível: são 13 vitórias, oito empates e apenas uma derrota, para o Melbourne Victory, na sexta rodada.

O Brisbane Roar tem 47 pontos, dez a mais que o Adelaide United, que já fez 21 partidas. Central Coast Mariners e Gold Coast United (ambos com 33 pontos em 19 jogos), Melbourne Victory (26 pontos em 20 jogos) e Newcastle Jets (25 pontos em 19 jogos) ocupam hoje as demais vagas para os playoffs.

A 20ª rodada começa nesta quinta-feira, com Sydney FC x Melbourne Heart. Dois jogos acontecem no domingo, 26; e dois na segunda, 27. No dia 29, Adelaide United e Sydney FC se enfrentam em jogo remanejado do primeiro turno.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo