Ásia/Oceania

Briga acirrada pelo título na China

A liga chinesa está perto do seu final e, faltando duas rodadas, cinco clubes ainda sonham com o título do campeonato e com uma das quatro vagas para a Liga dos Campeões da Ásia na temporada que vem. Depois dos resultados do último fim de semana, Beijing Guoan, Henan Jinye Construction, Changchun Yatai, Shandong Luneng,Tianjin Teda e Shanghai Shenhua continuam brigando pelo caneco.

Time mais popular do país, o Beijing Guoan – “A Guarda Imperial”, como também é conhecido – lidera com 45 pontos ganhos, mesmo número de pontos do Henan Construction. O Guoan lidera por ter saldo maior (15, contra 10 do Henan).

Na terceira colocação, o Chanchun Yatai está com 44 pontos, seguido de perto por Shandong Luneng e Tianjin Teda, ambos com 42 pontos; e Shanghai Shenhua, com 41.

Dos clubes que tentam o título, quem está em melhor fase nesta reta final é o Beijing Guoan. Das seis equipes, é a única que não perdeu nenhuma partida nas últimas cinco rodadas – foram três empates e duas vitórias. A recuperação veio depois da troca do treinador: Hong Yuanshuo assumiu a equipe na 23ª rodada, depois da derrota em casa, diante do Changchun Yatai, que custou o cargo do sul-coreano Lee Jang-Soo.

Na rodada do final de semana, o Beijing Guoan – clube que é ligado à CITIC, uma subsidiária do governo chinês – venceu o Guanghzou Pharmaceutical, dos brasileiros Diego e Diogo Barcellos, por 2 a 0. O Henan Construction, do polonês de origem nigeriana Emmanuel Olisadebe, venceu o Qingdao Joonon por 3 a 1, e a diferença de saldo de gols entre as duas equipes continuou inalterado. O Changchun Yatai também venceu na rodada, 2 a 0 sobre o Dalian Shide, que com o resultado, ficou fora da briga pelo título – está na sétima colocação, com 38 pontos.

Na rodada deste sábado, o confronto mais esperado é entre o Henan Construction e o Tianjin Teda. Só a vitória interessa para o Tianjin – qualquer outro resultado afasta o time do atacante brasileiro Éber Luis da briga pelo título.

Todas as demais equipes que lutam pelo título jogam fora de casa nesta rodada. O Beijing Guoan joga contra o Dalian Shide. O Changchung Yatai vai a Hanghzou, enfrentar o Greentown, que briga para fugir do rebaixamento. Quinto lugar, e dependendo de tropeços dos rivais para continuar na briga, o Shandong Luneng enfrenta o Jiangsu Sainty, oitavo colocado. Com chances remotas de título, mas brigando pelas vagas na competição continental, o Shanghai Shenhua pega o lanterna do campeonato, o Chongqing Lifan, que precisa vencer para evitar o rebaixamento antecipado.

Curiosamente, os três principais goleadores da Pirelli Super League não jogam em nenhum dos times que brigam pelo título. O hondurenho Luis Ramírez, que joga no Guanghzou Pharmaceutical, é o artilheiro, com 16 gols. O argentino Hernán Barcos, do Shenzen Asia Travel, tem 13 gols. O brasileiro Valdo, do Hanghzou Greentown, tem 12 gols.

Critérios de desempate podem definir campeão e rebaixados
De acordo com o regulamento do campeonato, não há jogo-extra para definir o campeão chinês em caso de empate entre duas equipes. Se houver empate nos pontos ganhos, os critérios são, pela ordem, confronto direto (pontos ganhos, saldo e gols marcados nos confrontos entre as equipes envolvidas); saldo de gols; gols marcados; e pontuação no fair-play.

Beijing Guoan e Henan Construction empataram os dois jogos (0 a 0 e 2 a 2). Por conta do saldo, o Guoan lidera. Num possível empate triplo com o Changchun Yatai, este leva vantagem, por ter 6 pontos nos quatro confrontos contra Beijing e Henan (duas vitórias e duas derrotas), contra cinco dos adversários.

No lado de baixo da tabela, a briga para definir os dois rebaixados também pode ser definida pelos critérios de desempate. O Chongqing Lifan é o lanterna, com 28 pontos. Acima deles estão o Shenzhen Asia Travel, com 31 pontos; e três equipes com 32 pontos: Changsa Ginde, Hanghzou Greentown e Qingdao Joonon.

Na Coreia do Sul, Jeonbuk está a uma vitória da final
Faltando também duas rodadas para o final da primeira fase da K-League, o Jeonbuk Hyundai Motors precisa de três pontos para assegurar o primeiro lugar na classificação geral, e com isso garantir seu lugar na decisão do campeonato. O time, que venceu seus últimos cinco jogos, lidera a competição com 53 pontos, quatro a mais que o FC Seoul. O Pohang Steelers, com 47 pontos, é o terceiro colocado.

As outras três vagas no play-off decisivo estão praticamente garantidas. O Seongnam Ilhwa Chunma tem 42 pontos, e ocupa a quarta colocação. Chunnam Dragons e Incheon United somam 40 pontos, e fecham as seis primeiras colocações. O único que ainda tem chances de seguir no campeonato é o Gyeongnam FC, com 37 pontos.

Neste sábado, o Jeonbuk – do atacante Lee Dong-gook, artilheiro da K-League com 17 gols – vai a Suwon, enfrentar o Samsung Bluewings. O FC Seoul joga também fora de casa, contra o Incheon United.

Na K-League, as seis melhores equipes passam para os play-offs, quando há um primeiro emparceiramento, onde o 3º colocado da temporada regular joga contra o 6º; e o 4º colocado pega o 5º lugar. Os vencedores destas duas partidas se enfrentam, para definir quem joga contra a equipe que terminou a temporada regular na segunda colocação. Depois desta confusa maratona, a equipe “sobrevivente” enfrenta o 1º colocado, em jogos de ida e volta, para apontar o campeão de 2009.

LC: Pohang Steelers e Al-Ittihad saem na frente
Pohang Steelers, da Coreia do Sul; e Al-Ittihad, da Arábia Saudita, fizeram valer o mando de campo e venceram seus jogos na rodada de ida das semifinais da Liga dos Campeões da Ásia. Pela manhã desta quarta-feira, o time sul-coreano bateu o Umm-Salal, do Catar, por 2 a 0, gols de Hwang Jaw-won e Kim Jae-sung, ambos de cabeça, um em cada tempo.

À tarde, o Al-Ittihad fez 6 a 2 sobre o Nagoya Grampus, em Jeddah, abrindo excelente vantagem para chegar à decisão. O australiano Josh Kennedy abriu o placar para a equipe japonesa. Ahmed Hadid empatou para os donos da casa. O Nagoya fez 2 a 1 ainda no primeiro tempo, com Naoshi Nakamura. No segundo tempo, a equipe árabe virou o jogo, com três gols de Mohammed Noor, um do argentino Luciano Leguizamón e um de Mohamed Chermiti.

Os jogos de volta acontecem na próxima quarta-feira, com o Umm-Salal recebendo o Pohang em Doha; e o Nagoya Grampus precisando de uma vitória por quatro gols de diferença em casa, diante do Al-Ittihad.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo