Ásia/Oceania

Aventura na Terra Santa

Não são poucos os que dizem que se Israel disputasse as Eliminatórias Asiáticas, jogaria todas as Copas. A paixão do público, a qualidade técnica, o ótimo trabalho de base e a estrutura credenciam o país para tal feito. A Ligat Ha´Al – Campeonato Nacional – vem tendo partidas sensacionais e um dos astros da competição senta no banco de reservas: Lothar Matthaus, alemão, treinador do vice-líder Maccabi Netanya. Aposta mais cara da temporada entre técnicos, quem o trouxe para a ‘Terra Santa’ foi o dono da equipe, o também alemão Daniel Jammer.

Lothar, de 47 anos, precisa livrar o time aurinegro do estigma de vice-campeonato. Nas últimas duas temporadas, os ‘diamantes’ perderam o título para o Beitar Jerusalém. No atual certame, o rival a ser batido é o líder Maccabi Haifa, recuperado após algumas campanhas pífias.

Tratado como celebridade pela imprensa e adorado pela torcida desde que aterrissou em Netanya, Matthaus montou um time capaz de quebrar o tabu de 25 anos sem a taça da Liga Nacional.

A experiência do goleiro Strauber, que já chegou sendo capitão, a personalidade do defensor sul-africano Bevan Fransman (fantástico ao rematar de média e longa distancia) e um ‘10’ elegante como o brasileiro Daniel Humberto, ex-Ponte Preta e Santo André.

Num período onde o bicampeão Beitar Jerusalém abaixou o ritmo e as equipes de Tel Aviv e Petah Tikva não dão pinta de brigar pelo título, Matthaus tem o carisma necessário para reeditar o período de glória vivido pelo clube nos anos 1970 e 1980.

Fala, Ásia
“O Matthaus está muito bem, não arrumou encrenca com ninguém e faz um ótimo trabalho até o momento”
Shimon Zlot, de Israel
 

 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo