Ásia/Oceania

Al-Hilal vence, bate recorde e vai com tudo para o clássico contra o Al-Ittihad

Com gols de Milinkovic-Savic e Salem Al-Dawsari, equipe de Jorge Jesus bateu o recorde de 14 vitórias seguidas superando o rival Al-Nassr

Desde o dia 29 de setembro, o Al-Hilal só sabe fazer uma coisa dentro da Saudi Pro League: vencer. Na tarde desta segunda-feira (26), diante do Al-Ettifaq do técnico Steven Gerrard não foi diferente. Além de bater o rival pelo placar de 2 x 0, gols marcados por Milinkovic-Savic e Salem Al-Dawsari, os comandados de Jorge Jesus conquistaram a sua 24ª vitória consecutiva, somando todas as competições disputadas e a 14ª seguida na liga saudita, batendo o recorde do Al-Nassr e sendo o clube com mais vitórias seguidas na história do campeonato.

O jogo disputado no ‏Abdullah Al Dabil Stadium teve o total domínio do Al-Hilal, que construiu o placar ainda na primeira etapa e poderia ter marcado mais gols no segundo tempo, caso tivesse caprichado um pouco mais nas finalizações. Com o resultado, o cada vez mais líder e próximo do título, time de Malcom, Michael e companhia, alcançou a marca dos 59 pontos, sete a mais do que o Al-Nassr e o Al-Ettifaq, estacionou na oitava colocação da Saudi Pró League com 28.

Na próxima rodada, o Al-Hilal encara o Al-Ittihad, em clássico a ser disputado no próximo dia quatro de março, próxima sexta-feira, às 14h (horário de Brasília) e o Al-Ettifaq vai medir forças diante do Damac, no sábado, às 11h.

Jogo coletivo do Al-Hilal funciona em primeiro tempo agitado

Com menos de um minuto de jogo, o Al-Ettifaq finalizou pela primeira vez no jogo, com Giorgino Wijnaldum. O holandês recebeu a bola da intermediária e chutou rasteiro, para boa defesa do goleiro Bonou.
Aos 20 minutos, o Al-Hilal teve uma grande chance de abrir o marcador. Após bate-rebate na área, Koulibaly saiu na cara do goleiro Paulo Victor, que fez defesa milagrosa, evitando o primeiro gol do jogo.

Sete minutos mais tarde, Moussa Dembelé foi lançado no comando de ataque e mandou a bola por cima do gol defendido por Bono. Aos 39 minutos, na base da bola aérea, Milinkovic-Savic abriu o marcador para o time do Al-Hilal. Após cobrança de escanteio pela direita feita pelo português Rúben Neves, o sérvio saiu de trás da defesa e testou bonito para o fundo do gol.

Nos acréscimos do primeiro tempo, Salem Al-Dawsari aumentou o placar em uma linda jogada coletiva. Dessa vez, Mitrovic tabelou com o ponteiro, que saiu na cara do goleiro Paulo Victor e mandou a bola para o fundo do gol. Ainda nos acréscimos, o Al-Ettifaq teve boas chances para diminuir o marcador na primeira etapa. Primeiro com Toko-Ekambi, que perdeu chance clara de cabeça e depois com Wijnaldum, que arriscou de longa distância e obrigou o goleiro Bono a fazer mais uma boa defesa.

Comandados de Jorge Jesus controlam na segunda etapa

O segundo tempo do jogo foi mais equilibrado, com o Al-Ettifaq se expondo mais em busca do primeiro gol e abrindo espaço para contra-ataques do time do Al-Hilal. A primeira grande chance do segundo tempo veio aos 17 minutos do segundo tempo com Milinkovic-Savic, que recebeu um belo passe na entrada da grande área e acertou um chute lindo de perna direita, que acertou caprichosamente a trave direita do goleiro Paulo Victor.

Aos 32 minutos, Demarai Gray recebeu o passe pela ponta esquerda e partiu para cima da marcação, o camisa 19 invadiu a área e chutou para mais uma boa defesa do goleiro Bono. O jogo seguia movimentado e aos 34 minutos o Al-Hilal respondeu em contra-ataque rápido, Salem Al-Dawsari recebeu pelo lado esquerdo e atravessou a jogada para Michael, que passava pelo lado direito.

Quatro minutos mais tarde, Toko-Ekambi recebeu a bola pela meia direita e arriscou chute rasteiro de fora da área, a bola passou à direita da meta defendida por Bono. Apesar de não ter sido um tempo com muitas chances claras como no primeiro tempo, os dois times demonstraram muita disposição em campo e poderiam ter marcados mais gols se tivessem um pouco mais de capricho na hora da finalização.

Em mais uma escapada pela canhota, o Al-Ettifaq quase chegou ao seu primeiro gol no jogo. Demarai Gray escapou mais uma vez e cruzou a bola de forma rasteira, Wijnaldum chegou atrasado e por pouco não conseguiu diminuir a vantagem.

 

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo