Ásia/Oceania

A força do aço

Dá para imaginar uma equipe no Oriente Médio fazendo sucesso sem o dinheiro oriundo do petróleo?

Pois o Sepahan, do Irã, time da Companhia Siderúrgica Foolad Mobarekeh faz uma campanha sensacional na Liga dos Campeões da Ásia (LCA) e teve um arranque fabuloso no Campeonato Iraniano.

Localizado na fantástica cidade de Esfahan, que possui construções arquitetônicas magníficas, o clube é o atual campeão da ‘Hazfi Cup’ – um torneio nos moldes da Copa do Brasil.

Eles já deram um grande passo rumo a final do maior campeonato continental ao vencer o Al Wahda, dos Emirados Árabes, por 3 a 1, em casa, no primeiro jogo das semifinais da LCA.

Atualmente é o clube mais rico do futebol iraniano e teve um inicio de temporada arrasador na liga nacional com quase 90% de aproveitamento nas primeiras cinco rodadas do certame. Está com três jogos a menos que o líder Persepolis, que tem sete pontos de vantagem.

Os ‘amarelos’ tem tudo para entrar para a história conquistando títulos do tamanho do orgulho da cidade e honrando um antigo provérbio persa que afirma que Esfahan….é a metade do mundo.

O belo 3-5-2 de Bonacic

Existe uma tradição no Sepahan de apostar em treinadores eslavos. Desde 1977 com o iugoslavo Zdravko Rajkov, passando por Poklepovic, até o atual técnico croata Luka Bonacic.

Sempre que os diretores do clube da maior empresa de aço da terra dos aiatolás olharam para o exterior para contratar um comandante, optaram por profissionais da região dos balcãs.

Luka Bonacic chegou ano passado aos ‘amarelos’ herdando uma equipe deixada pelo técnico brasileiro Edson Tavares. Implantou um rígido 3-5-2 liderado pelo carismático goleiro armênio Armenak Petrosyan, ídolo máximo da torcida, mas que foi recentemente afastado do time pelo treinador croata.

A grande pérola da equipe do interior do Irã é o atacante Mehdi Salehi, autor de quatro gols nas primeiras três rodadas da Liga dos Campeões da Ásia. Ele concorrerá ao prêmio de melhor jogador do continente este ano.

Esguio e oportunista, aos 26 anos vive seu melhor momento.
Existe uma grande concorrência entre dois baixinhos para jogar ao lado dele. O iraquiano Emad Mohamed, jogador da seleção, que veste a ‘10’, muito explosivo e é ambidestro. Além de Mahmoud Karimi (não tem nenhum parentesco com o astro Ali Karimi), de apenas 1,68 de altura e que atingiu sua maturidade futebolística somente agora, com 29 anos. Arrasou o Al Wahda.

Quem municia a dupla de avançados é o armador Morraham Navidkia, o elemento mais técnico do time, com passagem pelo Bochum, da Alemanha. Apesar de ser um dos mais jovens a entrar jogando, enverga a braçadeira de capitão.

O ponto de equilíbrio é a experiente dupla de volantes formada pelo iraquiano Abdul Al Hail e por Sayed Bayat – os únicos com mais de 30 anos – que atuam de perfil um para o outro.
Nas alas, pela direita, Akbari é mais agressivo e tem veia goleadora, enquanto Ehsan Hajysafi, de apenas 17 anos, cobre o flanco esquerdo com contundência. É um dos futebolistas mais jovens da Liga dos Campeões da Ásia.

O trio defensivo se destaca pela força física com dois possantes zagueiros: Hadi Aghily e Mohsen Bengar, e se completa com Hamid Azizadeh, menos robusto e ótimo nas transições devido sua rapidez na saída e recuperação posicional.

Embaixo dos paus o goleiro Mohammad Savari, de 22 anos, tenta fazer os torcedores esquecerem o ícone Petrosyan.
Com a vivência de ter atuado em cinco países como jogador, Bonacic teve bagagem suficiente para montar um grupo capaz de enfrentar não só as potencias nacionais no Irã, como continentais também. É um dos treinadores da moda na Ásia.

CURTAS

-LIGA DOS CAMPEOES ÁRABES
Definidos os jogos da 2ª fase da maior competição de clubes do mundo árabe. Nos jogos de volta da 1ª fase destaque para o Al Wahda, da Arábia Saudita, que empurrou 11 a 0 no Sociéte Immobiliére, do Djibouti. Lembrando que o Bizertin, da Tunísia, aguarda o vencedor de Al Shaab, dos Emirados Árabes Unidos, e Al Faisaly, da Jordânia.
Confira os jogos!

Al Arabi (Kuwait) x USM Alger (Argélia)

Al Marrekh (Sudão) x Raja Casablanca (Marrocos)

Al Ittihad (Líbia) x Al Majd (Síria)

Al Oruba (Omã) x Wydad Casablanca (Marrocos)

Al Najaf (Iraque) x Al Taliyah (Síria)

Al Wahda (Arábia Saudita) x ES Setif (Argélia)

El Jaish (Egito) x Al Wihdat (Jordânia)

Bizertin (Tunisia) x Al Shaab ou Al Faisaly

-AFC CUP
Resultado das partidas de ida das semifinais:

Shabab Ordon (Jordânia) 1×0 Al Nejmeh (Líbano)
Al Faisaly (Jordânia) 1×1 Al Wihdat (Jordânia)

-JAPÃO
O treinador da seleção nipônica Ivica Osim afirmou que deixará os jogadores que atuam na Europa fora do amistoso contra o Egito, próximo dia 17. O técnico sérvio também pretende não chamar os jogadores do Urawa Red Diamonds, que está nas semifinais da Liga dos Campeões da Ásia.

-ELIMINATÓRIAS PARA COPA DE 2010
Confira os jogos de ida da 1ª fase

Bangladesh x Tadjiquistão

Líbano x Índia

Omã x Nepal

Palestina x Cingapura

Sri Lanka x Qatar

Síria x Afeganistão

Tailândia x Macau

Vietnã x Emirados Árabes Unidos

Iêmen x Ilhas Maldivas

Bahrein x Malásia

Cambodja x Turcomenistão

China x Myanmar

Quirguistão x Jordânia

Líbano x Índia

Mongólia x Coréia do Norte

Paquistão x Iraque

Timor Leste x Hong Kong

Uzbequistão x Taipei

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo