Sul-Americana

Botafogo: Lage exalta aspecto do time para conseguir primeira virada do ano

Time carioca buscou a vitória por 2 a 1, em partida válida pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana

O Botafogo conseguiu, nesta quarta-feira, a sua primeira vitória de virada em 2023. Depois de sair perdendo para o Guaraní-PAR logo no começo do jogo, no Nilton Santos, o Glorioso buscou a vitória por 2 a 1, em partida válida pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Inclusive, com gol de Tiquinho Soares nos minutos finais do duelo.

Vale ressaltar, é verdade, que poucas vezes o Botafogo saiu atrás no placar nesta temporada. No total, foram oito vezes em que o Glorioso saiu perdendo alguma partida. Mas muitos desses duelos foram ainda no Campeonato Carioca. No Brasileiro, por exemplo, o time carioca só saiu perdendo duas vezes – na derrota para o Athletico-PR e no empate com o Santos.

O que Bruno Lage falou na coletiva do Botafogo?

  • Criticou as chances perdidas pelo Botafogo na partida;
  • Elogiou a atuação do atacante Tiquinho Soares;
  • Minimizou gols sofridos nos últimos jogos.

Depois do duelo desta quarta, contra o Guaraní, o técnico Bruno Lage exaltou a força mental do time para buscar a virada no Nilton Santos. No entanto, ele também criticou as chances perdidas pela equipe.

— Foi uma exibição para olhar para os pontos positivos da primeira virada da equipe, que teve controle emocional para continuar jogando. Soube ter a atitude de ir crescendo. É um trabalho fantástico com esses homens. Esse é o compromisso do Botafogo, ir jogo a jogo com este empenho e esta dedicação. Tivemos a capacidade de virar o jogo com os que iniciaram e com os que vieram do banco. Pelo número de oportunidades que criamos poderíamos ter concretizado, mas o futebol é isso. Criamos oportunidades para marcar, marcamos dois, totalizamos um e na próxima semana vamos para o Paraguai decidir a eliminatória — afirmou Bruno Lage.

Lage minimiza gols sofridos nos últimos jogos

Melhor defesa do Campeonato Brasileiro, com apenas dez gols sofridos em 17 partidas, o Botafogo vem sofrendo mais gols do que o normal nas últimas partidas. No quatro primeiros jogos sob o comando de Bruno Lage, o Glorioso foi vazado em todos, como cinco gols sofridos no total. No entanto, ao ser perguntado sobre o assunto, o português preferiu focar em pontos positivos do time.

— Cada jogo tem sua história. Da mesma forma que temos sofrido gols nas últimas rodadas, temos marcado acima da média. Podemos vencer por 1 a 0 um jogo, outro por 4 a 1, algum por 4 a 3, empatar em 2 a 2, como com o Santos. O importante é olhar para o positivo e dar continuidade ao trabalho. A equipe vem num ritmo muito bom e é nesse ritmo que vamos nos preocupar para vencer o próximo jogo. O que importa neste momento é termos essa mentalidade para seguir jogo a jogo e somar pontos à nossa caminha no Brasileirão — afirmou Lage.

Bruno Lage elogia Tiquinho Soares

Principal nome do Botafogo na temporada, Tiquinho Soares foi o responsável pelo gol da virada do Botafogo sobre o Guaraní. O atacante marcou, de pênalti, o gol que deu a vitória por 2 a 1. E, depois da partida, Bruno Lage voltou a exaltar o camisa 9 do Glorioso.

— É um jogador de elite, que tem tudo, quer atacar e defender, é muito forte. Fico orgulho de trabalhar com ele. Imagina o que é ser o melhor marcador do campeonato e ficar de fora, entra e faz o que faz. É o ponto mais importante de um jogador — disse Bruno Lage, se referindo a mentalidade de Tiquinho Soares.

Com a virada conquistada no Nilton Santos, o Botafogo agora tem a vantagem do empate no segundo jogo, na próxima quarta-feira (9), às 19h (horário de Brasília), no Defensores del Chaco, no Paraguai. Em caso de vitória por um gol do Guaraní, a decisão será nos pênaltis. Quem avançar vai encarar o vencedor do confronto entre Emelec e Defensa y Justicia.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo