América do SulArgentinaFutebol femininoLibertadores

Se você achou o Boca x River da Libertadores pegado, é porque não viu o feminino

Jogo muito renhido, com dois times atuando em intensidade máxima e tirando qualquer centímetro do adversário. O Boca Juniors x River Plate da rodada de volta das oitavas de final da Libertadores não foi para os fracos. A partida não se desenvolveu em um cenário de tanta tensão, e a suspensão do encontro no intervalo por ação da torcida boquense só reforçou o clima de batalha que se vivia na Bombonera.

VEJA MAIS: Boca processará torcedores pedindo indenização por eliminação na Libertadores

Muito torcedor deve ter achado que aquilo era um grande exemplo de como é grande a rivalidade entre os dois gigantes da Argentina. Mas esse jogo pareceu brincadeira de criança perto do último Superclássico do Campeonato Argentino feminino. Boca e River ficaram no 0 a 0 no último dia 11, e dá para entender o motivo vendo alguns lances.

LEIA TAMBÉM: Racing x Independiente: Uma apaixonante versão do clássico de Avellaneda

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo