América do Sul

Marcelo faz treino de transição com bola e tem chances de jogar Recopa

O Fluminense tem dúvida se Marcelo estará em campo contra a LDU pela Recopa; lateral-esquerdo faz trabalho específico com bola

O Fluminense ainda não sabe se contará com Marcelo contra a LDU, no jogo de volta da Recopa Sul-Americana. O lateral-esquerdo sentiu dores musculares na perna esquerda na partida de ida, em Quito. Ele voltou a treinar com bola nesta terça-feira (27), e tem chances de jogar a decisão, na quinta (29), às 21h30 (de Brasília), no Maracanã.

O treino começou às 09h55 (de Brasília) sem a presença do camisa 12, que aparecera de chuteiras na varanda da academia do clube no CT Carlos Castilho. Poucos minutos depois, quem chegou foi Gabriel Pires, que, com dores no joelho esquerdo, também faz trabalho específico.

Ambos são dúvidas para a quinta-feira (29). Para ser campeão da Recopa, o Tricolor precisa reverter a derrota sofrida na altitude de Quito.

Se vencer por dois ou mais gols, o Flu leva a taça para o novo Museu Fluminense FC em Laranjeiras. Vitória simples no tempo regulamentar leva o jogo para a prorrogação, e se persistir o empate, a final será decidida nos pênaltis. Qualquer outro resultado dá o título ao adversário.

Keno, Ganso, Felipe Melo e Samuel Xavier treinam com o elenco do Fluminense

Outros jogadores que eram dúvida também foram ao campo. Keno, substituído no segundo tempo do jogo de ida da Recopa por sentir os efeitos da altitude de Quito, também esteve em campo normalmente.

Poupados contra o Flamengo, Ganso e Felipe Melo também treinaram com o elenco. A imprensa teve acesso a 15 minutos da atividade, o suficiente para ver que Samuel Xavier, ainda em recuperação de dores no joelho, já voltou aos treinos.

O lateral-direito, titular em 2023, está liberado e será relacionado para o jogo de volta da Recopa Sul-Americana, bem como os outros veteranos.

Veteranos treinam em separado no CT do Fluminense

O campo 3 do CT Carlos Castilho tinha uma atividade paralela ao treino do elenco principal do Fluminense. Jovens de Xerém treinavam com preparadores físicos, auxiliares técnicos e os veteranos David Braz e Yony González.

O zagueiro e o colombiano estão treinando em separado e não devem permanecer no Flu para a sequência de 2024. Ambos procuram novos clubes. Já há sondagens, mas nenhuma negociação em curso até aqui.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo