Libertadores

Zubeldía tem primeira semana livre e já sabe o que precisa melhorar no São Paulo

Treinador quer recuperar jogadores mais desgastados e foca na melhora ofensiva do Tricolor

Depois de uma maratona de sete jogos em 21 dias sem nenhuma derrota sequer, Luis Zubeldía enfim terá a primeira semana livre desde que assumiu o São Paulo. Mesmo invicto e com mais de 80% de aproveitamento no cargo, o técnico deixa o descanso apenas para os jogadores e já pensa no que pode melhorar em sua equipe para a sequência da temporada.

Com a paralisação no Brasileirão devido às enchentes que devastaram o Rio Grande do Sul, o Tricolor terá sete dias até a próxima partida. O São Paulo só volta a campo contra o Águia de Marabá, na próxima quinta-feira (23), às 21h30 (horário de Brasília), no MorumBIS, pelo duelo da volta da terceira fase da Copa do Brasil.

De imediato, o elenco deve ganhar de dois a três dias de folga. A reapresentação após o empate por 0 a 0 com o Barcelona-EQU, nesta quarta-feira (16), deve ocorrer apenas na segunda-feira (20). O descanso é prioridade depois da sequência de 11 jogos sem intervalo que começou ainda antes da chegada de Luis Zubeldía. O planejamento da comissão técnica é recuperar atletas mais desgastados e equiparar o nível de treinamento entre todos os jogadores.

— Com respeito a ter mais treinamentos, é melhor. Porque descansamos um pouco os jogadores que têm muitos minutos. E com treinamento, podemos equiparar o grupo, que todos tenham um nível alto, o melhor possível. Não sei quantos treinamentos vamos ter, não fiz a conta. Vamos tratar de trabalhar e jogar a partida da melhor maneira. Jogar a Copa do Brasil, ganhar e depois jogar contra o Talleres — disse o treinador, em entrevista coletiva após a partida.

Zubeldía já sabe o que o São Paulo precisa melhorar

Assim que os jogadores chegarem ao CT da Barra Funda para iniciar os trabalhos, Zubeldía começará a colocar em prática o planejamento para fazer o São Paulo evoluir (ainda mais) na sequência da temporada. Passados sete jogos, o treinador se diz satisfeito com os comportamentos de sua equipe com e sem a bola. A avaliação é de que o Tricolor consegue trocar passes e chegar ao ataque sem complicações e tem corrido poucos riscos na defesa.

O foco agora será em criar mais situações ofensivas de perigo. O técnico entende que o São Paulo pode melhorar o aproveitamento nos passes decisivos, para romper linhas e colocar os atacantes em condições de finalizar. Outro ponto a ser trabalho são as jogadas ensaiadas nas bolas paradas.

— Eu sempre disse que não era uma desculpa não ter treinamentos. Ter jogos a cada três dias. Eu creio que os jogadores estão bem. Estão entendendo certas situações que têm que fazer com a bola e princípios sem a bola. Depois, claramente a diferença em um jogo está no quão preciso você é perto do gol. A expectativa de gols do rival é pequena, as nossas são muito importantes. E o processo de circulação não está tendo inconveniente. Talvez falte esse passe final, que rompa linhas. Talvez mais bolas paradas para levar perigo, esse tipo de coisa que abre o jogo — afirma o argentino.

O empate em 0 a 0 com o Barcelona instiga o treinador a melhorar estes quesitos. Para Zubeldía, a partida teve um cenário semelhante ao que espera o São Paulo nos mata-matas da Libertadores: um adversário que joga recuado e fecha todos os espaços para dificultar as jogadas ofensivas do Tricolor.

— A equipe fecha os espaços pelo meio, te para com faltas. A partida de hoje é um aprendizado porque entendemos que aqui, sobretudo nas instâncias finais, as equipes vão tentar fazer esse jogo. De cortar o jogo. Depois, saiu um monte de questões para corrigir e consolidar. O que aconteceu hoje, contra uma equipe que se fechou atrás, temos que anotar para que o próximo jogo, para as instâncias finais, encontrar caminhos para poder converter — analisa Zubeldía.

> Os próximos três jogos do São Paulo:

  • São Paulo x Águia de Marabá — Copa do Brasil — quinta-feira, 23 de maio, às 21h30 (horário de Brasília) — Transmissão: Amazon Prime (Streaming);
  • São Paulo x Talleres — Libertadores — quarta-feira, 29 de maio, às 21h30 (horário de Brasília) — Transmissão: TV Globo (TV aberta) e Paramount + (Streaming);
  • Corinthians x São Paulo — Brasileirão — domingo, 2 de junho, às 16h (horário de Brasília) — Transmissão: TV Globo (TV aberta) e Premiere (TV por assinatura).
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Jornalista pela PUCRS, é setorista de Seleção e do São Paulo na Trivela desde 2023. Antes disso, trabalhou por uma década no Grupo RBS. Foi repórter do ge.globo por seis anos e do Esporte da RBS TV, por dois. Não acredite no hype.
Botão Voltar ao topo