Libertadores

Grupo B da Libertadores: é o São Paulo contra a rapa na 1ª fase

Com São Paulo como grande favorito e três clubes que nunca foram campeões, este é o Grupo B da Libertadores

Cabeça de chave do Grupo B, o São Paulo é também o time com mais tradição e o favorito a avançar de fase na Copa Libertadores 2024. Em busca do tetracampeonato da América, o Tricolor tem pela frente o Barcelona de Guayaquil, do Equador, o Cobresal, do Chile, e o Talleres, da Argentina na chave. Os equatorianos e os argentinos devem brigar por uma das vagas, enquanto a equipe chilena corre por fora na disputa.

Confira a situação de cada clube que pertence ao Grupo B, do guia especial da Trivela sobre a Libertadores.

Grupo B: São Paulo, Barcelona de Guayaquil, Cobresal e Talleres

São Paulo

São Paulo na Libertadores

  • Participações: 22
  • Títulos: 3 (1993, 1993 e 2005)
  • Última participação: quartas de final em 2021
  • Melhor participação: campeão (1992, 1993 e 2005)

Em seu retorno após duas temporadas de hiato, o São Paulo trata a Libertadores como a sua grande obsessão em 2024. O clube vem de um ano histórico, em que conquistou o título inédito da Copa do Brasil, e agora quer dar um passo adiante na busca pelo tetracampeonato da América.

Era de se esperar que a equipe chegasse embalada com a manutenção da base campeã em 2023 e sob a euforia do título da Supercopa do Brasil diante do Palmeiras. Mas a saída de Dorival Júnior para assumir a Seleção e a chegada de Thiago Carpini colocam uma grande interrogação sobre a temporada são-paulina. Mesmo já campeão, o técnico emergente amarga uma eliminação precoce no Campeonato Paulista e inicia a principal competição do ano pressionado no cargo.

Barcelona de Guayaquil

Barcelona de Guayaquil na Libertadores

  • Participações: 30
  • Títulos: Nenhum
  • Última participação: em 2023, quando caiu na fase de grupos
  • Melhor participação: final (1990 e 1998)

O Barcelona de Guayaquil é o maior campeão nacional do Equador e dono de uma das grandes torcidas do país. A equipe que já foi finalista duas vezes em sua história até disputou uma semifinal recente, em 2017, quando perdeu para o Grêmio. Mas as últimas participações são pouco expressivas. Em 2023, por exemplo, caiu ainda na fase de grupos em uma chave que tinha também o Palmeiras.

Cobresal

Cobresal na Libertadores

  • Participações: 3
  • Títulos: Nenhum
  • Última participação: em 2016, quando caiu na fase de grupos
  • Melhor participação: Fase de grupos (1986 e 2016)

O Cobresal é o adversário de menor tradição e tem tudo para ser o saco de pancadas do grupo. O clube chileno amargou o vice-campeão nacional em 2023 a apenas um ponto de distância do campeão, o Colo Colo. Mas o 2024 da equipe é perverso: ocupa a lanterna sem uma vitória sequer após seis jogos. Os chilenos chegam para disputar a Libertadores pela terceira vez em sua história e tentam avançar da fase de grupos pela primeira vez. O trunfo pode ser o estádio Zorros del Desierto, em Calama, que fica a cerca de 2,3 mil metros de altitude.

Talleres

Talleres na Libertadores

  • Participações: 4 vezes
  • Títulos: Nenhum
  • Última participação: em 2022, quando caiu na fase de grupos
  • Melhor participação: quartas de final (2022)

O Talleres também não tem lá muita tradição na competição, mas a verdade é que os argentinos despertam más lembranças aos são-paulinos, especialmente para o jogo da estreia, em Córdoba. Foi lá, em 2019, que os donos da casa impuseram uma derrota por 2 a 0 que eliminou o Tricolor ainda antes da fase de grupos da Libertadores. O Estádio Mario Alberto Kempes, aliás, foi onde o São Paulo perdeu para o Independiente del Valle na finald a Sul-Americana de 2022. Além de tudo isso, o Talleres faz boa campanha no Campeonato Argentino e ocupa atualmente a segunda colocação após doze jogos.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo