Libertadores

‘Inadmissível’: Diniz detona indisciplina de afastados do Fluminense

Fluminense ficou no empate com o Cerro Porteño na Libertadores, mas o assunto da coletiva de Fernando Diniz foi o afastamento de jovens do elenco

O empate sem gols do Fluminense com o Cerro Porteño na Libertadores ficou em segundo plano na entrevista coletiva de Fernando Diniz após o jogo. O técnico detonou a indisciplina cometida por quatro jogadores da equipe que estão afastados por tempo indeterminado.

— Em relação aos garotos, a gente não tem uma previsão — afirmou Diniz sobre duração do afastamento de jovens do Flu.

Diniz chamou de “inadmissível” o episódio acontecido na concentração antes da vitória por 2 a 1 sobre o Vasco no último sábado (22).

— Em relação aos jogadores, foi algo inadmissível, ainda mais nos tempos de hoje. A gente espera que sirva de correção para esses e para outros, para o futebol brasileiro levar mais a sério o futebol profissional. Há muitas famílias envolvidas. A gente tem que trabalhar com respeito e o máximo de empenho para que as coisas aconteçam de maneira correta — disse Diniz.

A melhor resposta do treinador, sempre muito justo com os jogadores e preocupado com eles, foi exatamente sobre o desrespeito no ocorrido. Mais do que uma simples atitude de jovens, Fernando Diniz se preocupa com o futuro de cada um dos integrantes do elenco.

Técnico do Fluminense critica gramado de La Nueva Olla

Se os jogadores criticaram duramente o gramado de La Nueva Olla, Diniz não foi diferente. O técnico culpou o campo de jogo pela partida ruim do Tricolor.

— Foi um jogo que um dos principais adversários foi o campo. Parece muito o da Ilha do Retiro da época que eu jogava. Ele parece que está bom, mas é diferente. A grama segura a bola. A gente teve que se adaptar ao campo, ao estilo de arbitragem e ao que o Cerro propunha, que era muito parecido com o que aconteceu contra o Alianza em Lima. Para ter mais chance de fazer o gol, tinha que se arriscar bastante, fazer um jogo mais por dentro para depois usar o lado, e a gente ficaria muito mais vulnerável. A gente soube jogar o jogo, errou pouco, teve poucas chances, e o resultado acabou sendo justo. O time merece ser elogiado, pois cumpriu taticamente sem riscos desnecessários. Resultado que valeu a pena pelas dificuldades que teve no jogo.

Fernando Diniz exalta Fábio no Fluminense

A atuação do Fluminense não foi das melhores, mas Fábio teve mais uma grande atuação. Mais uma vez, Fernando Diniz exaltou o goleiro de 43 anos, que chamou de “craque”.

— Sobre o Fábio, eu não canso de dizer. Deveria ser mencionado mais vezes. É espetacular, a idade que tem, como se comporta, ajuda as pessoas. Com 43 anos, um símbolo. Infelizmente, não jogou uma Copa do Mundo. Ele merecia pelo menos uma. É um craque. (O Brasil) Sempre teve grandes goleiros, mas ele merecia ter jogado uma Copa. É muito diferente como goleiro. A gente fica honrado de poder trabalhar com um jogador desse nível aqui — afirmou.

Para Diniz, arbitragem foi boa na Libertadores

O gol anulado de Jhon Arias foi bastante questionado pelos torcedores do Fluminense nas redes sociais. Em campo, entretanto, o técnico Fernando Diniz preferiu elogiar a arbitragem do uruguaio Esteban Ostoijch.

— Quanto ao gol, parece que o VAR anulou bem, não vi a imagem. Não tenho muitas questões. O critério foi para os dois lados, deixou correr, estilo da Libertadores.

Próximos jogos do Fluminense: datas, horários e onde assistir

Veja os próximos confrontos do Fluminense na continuação da temporada:

  • Corinthians x Fluminense — Campeonato Brasileiro — domingo, 28 de abril — 16h (horário de Brasília);
  • Sampaio Corrêa x Fluminense — Copa do Brasil — data e horário a serem definidos;
  • Fluminense x Atlético-MG — Campeonato Brasileiro — sábado, 4 de maio — 16h (horário de Brasília).
Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo