Libertadores

Palmeiras será pedra no sapato do Botafogo nas oitavas de final da Libertadores

Glorioso encara o rival logo de cara, na segunda fase da competição continental

O sorteio das oitavas de final da Libertadores não foi nada favorável ao Botafogo de Artur Jorge, que terá logo o Palmeiras, algoz no Brasileirão de 2023, como adversário na segunda fase da competição continental.

Segundo colocado no Grupo D com dez pontos, mesma pontuação do Junior Barranquilla da Colômbia, o time carioca ficou com a segunda colocação da chave por conta do saldo de gols.

Enquanto os colombianos terminaram a primeira fase da Libertadores com três gols positivos, o Botafogo encerrou a fase de grupos com apenas um.

O jogo de ida acontece no dia 14 de agosto, no Estádio Nílton Santos, no Rio de Janeiro, e a volta está programada para a semana seguinte, no dia 21, no gramado do Allianz Parque.

Botafogo começou mal, mas se recuperou na Libertadores

O começo do Botafogo na Libertadores foi muito aquém do esperado na fase de grupos. Ainda sob o comando de Fábio Matías, o Glorioso eliminou o RB Bragantino na fase preliminar, e caiu na chave D, ao lado do Junior Barranquilla, LDU e Universitario do Peru.

Na estreia, derrota para os colombianos, em casa, pelo placar de 3 a 1, e na sequência, mais um tropeço, desta vez por 1 a 0, frente ao time equatoriano, na altitude de Quito.

O primeiro resultado positivo veio apenas na terceira rodada, diante de um fraco Universitario, vitória tranquila por 3 a 1, que embalou o time carioca rumo à classificação.

Os três pontos em sequência contra LDU, por 2 a 1 em casa, e novamente contra o time peruano, desta vez por 1 a 0, em Lima, foram suficientes para o Botafogo garantir a classificação com uma rodada de antecedência.

Apesar da festa pela classificação, a equipe tentou a primeira colocação do grupo, mas ficou no empate sem gols diante do Junior em Barranquilla, avançando na segunda posição.

Vencedor da eliminatória terá pedreira nas quartas de final

Quem passar de Botafogo e Palmeiras terá Nacional do Uruguai ou São Paulo nas quartas de final. O chaveamento ainda pode colocar o Flamengo, e até o Grêmio no caminho até a decisão.

Há quase um mês sem perder, o Botafogo vem motivado para enfrentar o Palmeiras, no que promete ser o confronto mais equilibrado das oitavas de final. A última derrota do Glorioso na temporada aconteceu no dia cinco de maio, por 2 a 1 diante do Bahia.

De lá para cá, são seis jogos disputados, com quatro vitórias e dois empates, somando confrontos do Brasileirão e da Libertadores.

Palmeiras chega invicto para disputa das oitavas de final

Já o Palmeiras é mais uma vez favorito ao título da Libertadores. O time de Abel Ferreira caiu em um grupo chato, mas mesmo assim, conseguiu encerrar a fase de grupos de maneira invicta.

Com quatro vitórias e dois empates, o time paulista somou os mesmos 14 pontos do Fluminense, mas encerrou a primeira fase como a terceira melhor campanha (atrás de River Plate e Atlético-MG), por conta do saldo de gols.

Após empatar por 1 a 1 contra o San Lorenzo na Argentina na estreia, o Palmeiras bateu o Liverpool do Uruguai por 3 a 1 no Allianz Parque, e em seguida protagonizou um dos melhores jogos da temporada, ao bater de virada o Independiente del Valle no Equador. 

A joia Kendry Páez e Hoyos abriram 2 a 0 em favor dos equatorianos, naquilo que foi uma das piores apresentações do Verdão em um primeiro tempo neste ano.

Mas aí, o fator Abel Ferreira entrou em cena novamente, e a garotada da Academia deu conta do recado na etapa complementar.

Endrick, ainda no primeiro tempo, diminuiu o placar, enquanto Lázaro e Luís Guilherme, viraram o confronto, em um jogo histórico. Daí para frente, o Palmeiras administrou a vantagem sobre os demais times.

Goleou o Liverpool por 5 a 0 no Uruguai, bateu o Del Valle novamente, dessa vez por 2 a 1, e ficou no zero diante do San Lorenzo.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo