Copa América 2024

Dorival explica saída de Rodrygo e ausência de roda da Seleção antes de pênaltis

Seleção brasileira joga pouco e é eliminada nos pênaltis para o Uruguai na Copa América

Aconteceu na Copa do Mundo de 2022, se repetiu na Copa América de 2024: o Brasil amargou mais uma eliminação nos pênaltis em uma disputa de quartas de final. Dessa vez para o Uruguai.

Neste sábado (6), a seleção brasileira empatou por 0 a 0 com a Celeste no tempo normal e caiu com derrota por 4 a 2 nas penalidades. E uma cena em especial chamou atenção.

Dorival Júnior não participou da roda final com os atletas antes da derrota nos pênaltis. Mais tarde, na entrevista coletiva, o treinador explicou o motivo para a sua ausência.

— Eu fiquei de fora porque eu vinha falando com cada um deles aquilo que vinha na minha cabeça. Então, cada um que definia as cinco posições iniciais, eu vinha falando a respeito daquilo que nós havíamos treinado — disse Dorival.

O treinador reiterou ainda que os jogadores treinaram pênaltis desde o período de preparação em Orlando, na Flórida. Na disputa com o Uruguai, Éder Militão e Douglas Luiz desperdiçaram suas cobranças.

— Aliás, treinamento esse que aconteceu desde o primeiro dia em Orlando. Nós íamos trabalhando penalidades, pois sabíamos que provavelmente teríamos essa possibilidade nas definições de partidas — disse Dorival.

Dorival explica saída de Rodrygo

Entre as muitas explicações que deu ao longo de sua entrevista coletiva, o treinador também revelou o motivo para ter substituído Rodrygo antes da disputa de pênaltis. O atacante do Real Madrid recebeu uma entrada dura de Nández, em lance em que o uruguaio acabou expulso após revisão no VAR.

— Rodrygo, infelizmente, depois da falta da expulsão, ele não suportou mais ficar em campo. Ele teve que sair em determinado momento. Era, sim, um dos batedores, mas aqueles que entraram também estavam muito bem treinados e em condições de poderem nos ajudar.

— É natural que a batida. Ela acaba acontecendo. Alguém teria que errar para que a equipe saísse vencedora. Infelizmente, neste momento, acabam sendo desclassificados — afirma Dorival.

Brasil é eliminado da Copa América pelo Uruguai (Foto: Fábio Giannelli/Digital Sports Press/Gazeta Press)

Dorival vê pontos positivos na campanha

Eliminação à parte, Dorival deixou a Copa América com mais pontos positivos do que negativos em sua avaliação sobre o desempenho da Seleção. Ainda assim, o técnico admitiu que o Brasil não fez jogos em “ótimo nível” durante a competição.

— Não fizemos jogos de um ótimo nível, tecnicamente falando, porém também não descarto nenhuma das partidas. Eu acho que houve entrega, espírito de luta. A equipe, em momento nenhum, deixou de ir atrás do resultado. Foi uma equipe valente, sempre. E acredito que nós tivemos coisas muito mais positivas ou negativas ao longo de todo esse processo — analisa o comandante.

Os próximos jogos da Seleção

Eliminado da Copa América, o Brasil só volta a campo em setembro, para a retomada das Eliminatórias da Copa do Mundo. A Seleção enfrentará o Equador no dia 5, em casa, e depois terá o Paraguai fora, no dia 10.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Jornalista pela PUCRS, é setorista de Seleção e do São Paulo na Trivela desde 2023. Antes disso, trabalhou por uma década no Grupo RBS. Foi repórter do ge.globo por seis anos e do Esporte da RBS TV, por dois. Não acredite no hype.
Botão Voltar ao topo