Alemanha

‘Somos pessoas’: decepção na Champions faz finalista ficar fora de amistoso pré-Eurocopa

O jogador fez questão de falar abertamente sobre o quanto a derrota para o Real Madrid impactou o seu mental: 'vivi uma grande decepção'

A derrota para o Real Madrid na final da Liga dos Campeões ainda dói em Marcel Sabitzer. O jogador não escondeu que ficou mal logo após o apito final, e as consequências de perder o título seguem fazendo efeito. Por esse motivo, neste sábado, Sabitzer anunciou que não jogará o amistoso da Áustria, sua seleção, contra a Suíça.

“Somos atletas profissionais, mas também pessoas. Os sentimentos não podem ser escondidos ou suprimidos. Quem me viu depois do jogo sabe o que isso fez comigo. Vivi uma grande decepção e tive muitas noites curtas. As cenas foram voltando e, por isso, não faz sentido eu estar lá”, disse o jogador em entrevista coletiva.

Vale destacar que Sabitzer está na seleção da Champions da temporada 2023/24, que foi praticamente formada por jogadores do Real e do Borussia, com 4 atletas de cada um dos finalistas.

 

Saúde mental e futebol

A fala de Sabitzer é extremamente relevante e corajosa. Num mundo onde falamos cada vez mais sobre saúde mental, o futebol não pode ficar de fora. Após a derrota na Champions, o jogador fez um post nas suas redes sociais com a legenda “Quanto mais perto do seu sonho, maior é a dor. Obrigado a todos que nos apoiaram”

“Não estou num nível mental ou físico que me permite ter um impacto positivo na equipe. Vou fazer o melhor que posso e a aceitar a situação. Não têm de se preocupar comigo na Eurocopa”, afirmou o jogador.

A decisão de não jogar foi tomada em conjunto com o técnico Ralf Rangnick, que reagiu com muita compreensão.

Áustria está no Grupo D da Eurocopa

A Áustria chega na Eurocopa de 2024 vivendo uma das melhores fases da história da seleção. Os austríacos tiveram apenas uma derrota nos últimos 13 jogos e se classificaram para a competição na segunda colocação do Grupo F, apenas um ponto atrás da Bélgica, responsável por esta única derrota recente.

Comandada por Ralf Rangnick, ex-Manchester United, a Áustria venceu amistoso contra seleções como Alemanha, Sérvie e Turquia nos últimos meses. Além de Sabitzer, a seleção conta com o artilheiro Arnautovic, e Baumgartner, do RB Leipzig. A grande ausência é do lateral-esquerdo e capitão David Alaba, que não conseguiu se recuperar de uma lesão que sofreu no joelho esquerdo. França, Holanda e Polônia completam o Grupo D.

Foto de Gabriella Telles

Gabriella Telles

Gabriella Telles é jornalista formada pela UFRJ, faz pós-graduação em Gestão Estratégica de Marketing. Já trabalhou na TNT Sports na cobertura da Rio 2016, futebol internacional e eSports. Nascida e criada no subúrbio do Rio de Janeiro.
Botão Voltar ao topo