AlemanhaBundesliga

O maior tributo: Darmstadt rebatiza seu estádio com nome de torcedor-símbolo, vítima de câncer

Johnny Heimes não era um torcedor qualquer. O jovem foi tão importante quanto os próprios jogadores na ascensão do Darmstadt rumo à elite da Bundesliga. A partir de uma visita, o alemão que lutava contra um câncer desde os 14 anos de idade se tornou motivação constante ao elenco. E o acesso à segunda divisão, conquistado em condições épicas, fez Heimes se consagrar como um “talismã”. Em março deste ano, porém, o rapaz de 26 anos não resistiu a sua longa batalha. Recebeu os devidos tributos nas arquibancadas. E, a partir de agora, uma homenagem sem precedentes no futebol: o estádio do Darmstadt será rebatizado até o final da temporada com o nome de “Jonathan-Heimes-Stadion am Böllenfalltor”. Nobre maneira de ressaltar as lembranças de quem é inesquecível para o clube e também de promover sua luta.

VEJA TAMBÉM: Darmstadt ofereceu o maior tributo a garoto com câncer que motivou a ascensão do clube

Conhecido por seu ativismo, Heimes começou a transitar mais nos bastidores do Darmstadt a partir de 2013/14. Na época, promovia a fundação que criou, chamada de Dumusstkämpfen – ou “você tem que lutar”, em alemão. Ele distribuía uma pulseira azul e branca, nas cores do clube, lançada para conscientizar sobre os trabalhos realizados pela ala de oncologia do Hospital Infantil de Frankfurt. Os jogadores do Darmstadt usaram o adereço pela primeira vez no jogo de ida dos playoffs de acesso à segunda divisão, uma derrota por 3 a 1 para o Arminia Bielefeld em casa. E imagine qual foi a alegria de Johnny ao presenciar de perto a virada no jogo de volta, com os alviazuis revertendo o placar no campo adversário durante o tempo normal e consumando a façanha na prorrogação, com um gol marcado apenas nos acréscimos do último tempo extra.

Em 2014/15, quando o Darmstadt conquistou o segundo acesso consecutivo (sem tanto drama) e voltou à Bundesliga após 36 anos, 15 mil torcedores homenagearam Heimes cantando “You’ll Never Walk Alone” no palco da comemoração. E o fanático manteve sua relação de amizade com muitos jogadores até sua morte. Não à toa, além dos tributos do elenco, um setor inteiro das arquibancadas se vestiu de preto e ergueu um bandeirão com o rosto do jovem no primeiro jogo após seu falecimento.

Já a homenagem no nome do estádio veio em parceira com a Merck, indústria química e farmacêutica estabelecida na cidade, que possui os naming-rights de Böllenfalltor desde 2014. A empresa não apenas cedeu os seus direitos publicitários por uma temporada, em honra de Heimes, assim como também ajudará a fundação do jovem falecido. Uma nova edição da pulseira de Johnny será lançada e as primeiras cinco mil unidades já foram vendidas a funcionários da Merck. A indústria também bancou a promoção do novo nome do estádio no transporte público da cidade.

Em março, quando a morte de Johnny Heimes completar um ano, o torcedor receberá novas homenagens. Atual patrocinadora do clube, a Software AG concordou em ceder o espaço na camisa para que o Darmstadt estampe o logotipo da Dumusstkämpfen. O uniforme será vendido em edição limitada e o dinheiro arrecadado se reverterá à própria fundação.

“Estamos jogando por Johnny, que era uma motivação em si mesmo. Queremos nos manter na primeira divisão e esta conexão irá nos impulsionar mais uma vez. Cada torcedor do Darmstadt se identifica com Johnny também”, declarou Aytac Sulu, capitão do Darmstadt e no clube desde 2013. Nem a morte foi capaz de diminuir a importância do torcedor no clube. Sua causa tornou-se ainda maior.

trem

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo