AlemanhaBundesliga

Enfim, uma vitória, e Reus volta a marcar. Sinal de dias melhores para o Dortmund?

Primeiro, a curiosidade: os dois times que dominaram o futebol alemão nos últimos anos e fizeram a final da Liga dos Campeões de dois anos atrás não haviam vencido em 2015. E nessa rodada, finalmente, ambos encerraram a seca. Para o Bayern de Munique, líder com folgas, os três pontos não fizeram tanta diferença quanto para o Borussia Dortmund, desesperado para sair da zona de rebaixamento.

LEIA MAIS: O apoio incondicional da torcida do Dortmund não significa paciência infinita com a draga

Não foi desta vez, mas a vitória por 3 a 0 sobre o Freiburg, outro time ameaçado, deu alguns sinais de recuperação. Para começar, o placar amplo. Foi a primeira vitória do time por três gols de diferença no campeonato. O que não é tão surpreendente quando percebemos que foi apenas a quinta do time no geral.

Além disso, Marco Reus voltou a marcar e a ser importante para o Borussia Dortmund. Foi seu primeiro gol desde 22 de novembro, no empate com o Paderborn. Machucado, a sua ausência contribuiu para a fase ruim do time de Jurgen Klopp. Depois de duas partidas apagado, cumpriu a importante missão de abrir o placar e dar um pouco de tranquilidade para os companheiros.

O terceiro gol, de Aubameyang, autor também do segundo, talvez seja a fonte principal das esperanças por dias melhores. Uma bela jogada coletiva do Borussia Dortmund, com passes rápidos e precisos para selar a vitória que dá um pouco de fôlego para o restante da Bundesliga.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo