AlemanhaBundesliga

Do silêncio à homenagem, foi arrepiante sentir a torcida do Dortmund em meio à tristeza

O Borussia Dortmund venceu neste domingo, mas não teve motivos para comemorar. O triunfo por 2 a 0 sobre o Mainz 05 acabou marcado por uma atípica atmosfera no Signal Iduna Park, distante da vibração de sempre dos aurinegros. Um clima de tristeza tomou o estádio durante o segundo tempo, diante da notícia de que dois torcedores sofreram ataques cardíacos na Südtribune – o setor das arquibancadas onde se localiza a famosa Muralha Amarela. Um deles, de 80 anos, faleceu; enquanto outro, de 55 anos, conseguiu ser salvo pelos médicos e foi hospitalizado em condições estáveis. No entanto, apesar de todo o abatimento evidente, as arquibancadas espontaneamente proporcionaram uma linda homenagem às vítimas.

VEJA TAMBÉM: Os bastidores de uma ideia genial: Como a torcida do Dortmund criou seu álbum gigante

A vantagem do Dortmund começou a ser construída ainda no primeiro tempo, aos 30 minutos. Após grande jogada de Gonzalo Castro, Marco Reus saiu na cara do gol e tocou por baixo do goleiro Loris Karius. Entretanto, a festa dos torcedores logo se transformou no início da segunda etapa. O silêncio tomou conta das arquibancadas. Nada de cânticos. No máximo, alguns gritos de exaltação em um ou outro lance. Ainda assim, boa parte dos torcedores sequer comemorou o gol de Shinji Kagawa, aos 28. Mesmo o japonês foi bem contido ao celebrar, apenas abraçando os companheiros.

A fatalidade não afetou apenas o comportamento das arquibancadas, como também a maneira como a partida se desenrolou. Os jogadores pareciam esperar apenas o apito final. Por volta dos 40 minutos, enfim, a torcida aurinegra quebrou o silêncio. Justamente para cantar “You’ll Never Walk Alone”, uma música também típica do clube, mas de enorme representatividade para o momento. Ao fim da cantoria, muitos aplausos. E novamente silêncio até o fim do jogo. Já em seu twitter, o clube se manifestou: “Há coisas mais importantes que o futebol. Descanse em paz”.

VEJA TAMBÉM: Torcida do Dortmund fez o Estádio do Dragão fumegar durante a Liga Europa

Após a partida, um anúncio foi feito nos autofalantes e no telão do Signal Iduna Park, informando sobre o estado dos dois torcedores. Mais aplausos. Já na tradicional saudação do time à Südtribune foi tímida. Abraçados, os jogadores guardaram um minuto de silêncio junto à torcida e ouviram mais uma vez os cânticos de “You’ll Never Walk Alone”. Uma noite de tristeza não apenas para os aurinegros, como para qualquer um que tenha acompanhado aqueles momentos. Porém, que reforça o caráter singular da torcida do Dortmund. Uma paixão que não se manifesta apenas nos títulos ou nas vitórias, mas também nos piores momentos.

Abaixo, quatro vídeos da partida: o silêncio durante o segundo tempo; o cântico nos minutos finais; os aplausos após o término; e o tributo junto com os jogadores. De arrepiar:

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo