Bundesliga

Leipzig perdeu destaques, mas agora quebra recorde com a compra de Openda

Loïs Openda fez uma senhora temporada com o Lens na Ligue 1 e se tornou o reforço mais caro da história do Leipzig

Loïs Openda se projetou entre os melhores atacantes da última temporada na França. O belga causou enorme impacto no Lens, entre os destaques da campanha surpreendente na Ligue 1 que levou os aurirrubros direto à fase de grupos da Champions League.

No Top 5 da artilharia do Campeonato Francês, o jovem de 23 anos indicava que não ficaria por muito tempo no Estádio Bollaert-Delelis. E vai disputar a próxima Champions por outro clube: nesta sexta-feira, o RB Leipzig anunciou a contratação de Openda. É um reforço que parece se casar com o projeto do clube alemão e mesmo com o estilo de jogo do técnico Marco Rose.

As negociações do Leipzig com Openda se alongaram durante as últimas semanas. O clube tratou o belga como sua prioridade, assim como o jovem deu preferência à mudança para a Bundesliga. Os Touros Vermelhos pagarão €43 milhões (R$232,3 milhões) ao Lens pela transação, num negócio acima dos padrões do clube.

Openda se torna a contratação mais cara da história do Leipzig, acima dos €36 milhões pagos por Dominik Szoboszlai em 2020/21. Também é a compra mais cara da Bundesliga nesta janela de transferências até o momento, num mercado sem grandes atividades do Bayern de Munique.

O investimento alto do RB Leipzig faz todo sentido diante do mercado superavitário do clube em 2023/24. Os Touros Vermelhos embolsaram €140 milhões (R$756,2 milhões) em vendas até agora, concentrados principalmente nas saídas de Dominik Szoboszlai para o Liverpool (€70 milhões / R$378,1) e de Christopher Nkunku para o Chelsea (€60 milhões / R$324,1 milhões). Vale lembrar também que Konrad Laimer seguiu para o Bayern, mas sem custos, ao final de seu contrato com o RasenBallsport. Openda chega como um potencial homem de referência, mas com características que o tornam também a reposição direta para Nkunku.

Destaque no Vitesse e explosão no Lens

Formado pelas categorias de base do Club Brugge, Openda possui uma experiência considerável em alto nível, independentemente da idade. O atacante fez sua estreia profissional no próprio Campeonato Belga e participou da conquista da liga nacional em 2019/20. Entretanto, o garoto só deslanchou quando saiu do Club Brugge, emprestado ao Vitesse. Foram duas temporadas com os aurinegros, em 2020/21 e 2021/22. Openda teve bons números, com 37 gols e 11 assistências em 88 partidas. Brilhou especialmente em 2021/22, quando esteve entre os destaques do Vitesse na campanha rumo às oitavas de final da Conference League.

O Lens pagou €11,8 milhões por Openda no início da última temporada. O centroavante não demorou a se adaptar ao futebol francês e teve ótimas sequências pelo clube. Tomou a posição de titular e desandou a marcar gols na Ligue 1 – foram 21 no total. Nas últimas 12 rodadas da competição, os aurirrubros tiveram 11 vitórias e só uma derrota, no confronto direto com o PSG. Openda anotou 12 gols neste intervalo e ainda serviu três assistências. Teve seu ápice com uma tripleta assinalada num intervalo de quatro minutos e meio, a mais rápida do Francesão em 50 anos. Chamava atenção de outros clubes da Europa rumo à próxima temporada.

Os últimos meses também garantiram um maior reconhecimento a Openda no futebol de seleções. Embora descendente de congoleses e marroquinos, o centroavante defende a Bélgica natal desde a base. Sua estreia pela seleção principal aconteceu em junho de 2022 e o jovem participou da Copa do Mundo como reserva. Mais recentemente, ele também liderou o time no Campeonato Europeu Sub-21, mas sem tanta relevância diante da eliminação dos Diabos Vermelhos durante a fase de grupos.

Como Openda pode se encaixar no Leipzig

Openda possui um estilo de jogo que pode dar certo no RB Leipzig. O belga não é tão alto, mas combina explosão e velocidade na linha de frente. Além disso, é muito habilidoso nas quebras de ritmo e nos dribles, bem como nos passes de primeira. Pode dar muito trabalho nos contra-ataques e deve contribuir ao jogo mais vertical proposto pelo técnico Marco Rose. Também exibe boa capacidade de finalização. Não deve conseguir suprir totalmente a ausência de Nkunku, pelo sarrafo alto estabelecido pelo francês. Entretanto, pode funcionar como um centroavante mais letal que outros à disposição na Red Bull Arena ou se combinar com outro homem de frente.

O elenco atual do Leipzig conta com seis opções diferentes para o comando do ataque. Yussuf Poulsen é um nome histórico do clube, mas caiu de rendimento nos últimos anos. Já Alexander Sörloth chega em alta da Real Sociedad, mas dificilmente será mantido. Timo Werner é ídolo do clube, mas nunca foi o atacante mais efetivo e, apesar da recuperação na volta à Alemanha, sofreu com problemas recentes de lesão. Por fim, André Silva não conseguiu entregar na Red Bull Arena tudo o que realizou nos tempos de Eintracht Frankfurt e a paciência com o lusitano parece se esgotar.

Como vem o mercado atual do Leipzig

Desta maneira, não surpreenderá se Openda compor o ataque do Leipzig com outra novidade do clube para esta temporada: o esloveno Benjamin Sesko, de 20 anos. O 1,95 m de altura do garoto esconde sua qualidade técnica refinadíssima, que já valeu comparações com Zlatan Ibrahimovic. Sesko anotou 16 gols na campanha do título austríaco do Red Bull Salzburg e é mais um talento que faz a ponte entre os clubes da marca de energéticos, por €24 milhões (R$215 milhões). A princípio, deverá ser desenvolvido com mais cuidado por Marco Rose. Entretanto, poderia ser um complemento interessante a Openda.

Até o momento, o RB Leipzig garantiu seis reforços para a nova temporada. A diretoria concentra as novas peças no setor ofensivo. Além de Openda e Sesko, Christoph Baumgartner e Fábio Carvalho chegaram para auxiliar na ligação. Nicolas Seiwald será um termômetro no meio, enquanto Leopold Zingerle deve ser um dos goleiros reservas. Obviamente o grupo perde forças com as saídas de Szoboszlai, Nkunku e Laimer. Entretanto, os Touros Vermelhos sugerem contar com um elenco mais recheado e equilibrado a partir de agora. A primeira temporada completa de Marco Rose também pode auxiliar a alavancar os resultados e, quem sabe, colocar a equipe como candidata ao título da Bundesliga – o que a irregularidade da última campanha, com troca de técnico, impediu.

Os reforços do RB Leipzig para 2023/24

  • Loïs Openda, atacante, Lens: €43 milhões
  • Christoph Baumgartner, meia, Hoffenheim: €24 milhões
  • Benjamin Sesko, atacante, Red Bull Salzburg: €24 milhões
  • Nicolas Seiwald, meia, Red Bull Salzburg: €20 milhões
  • Leopold Zingerle, goleiro, Paderborn: sem custos
  • Fábio Carvalho, meia, Liverpool: empréstimo
Foto de Leandro Stein

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreveu na Trivela de abril de 2010 a novembro de 2023.
Botão Voltar ao topo