AlemanhaFutebol femininoMundo

Alemanha, fora no feminino e no masculino

Se chama a atenção pela presença de seleções como Brasil, Espanha e Reino Unido, o torneio de futebol dos Jogos Olímpicos também conta com suas ausências. A principal delas é a da Alemanha, potencia tradicional no masculino e no feminino, mas que não conseguiu carimbar passaporte para Londres com nenhum dos times. Os motivos da não classificação, porém, são diferentes.

No masculino, fica bem claro que a seleção profissional “atrapalhou” a sub-21. Nomes como Marko Marin, que tem idade olímpica, poderiam ajudar o time a se classificar. Mas, convocados para as eliminatórias para a Copa do Mundo, não participaram das eliminatórias para a Euro sub-21, o que enfraqueceu bastante o time. Outros, como Jérôme Boateng e Thomas Müller, chegaram a participar no início, mas ganharam espaço na seleção principal e também se tornaram desfalques.

Desfigurado, o time fez um papelão logo na primeira fase do torneio. Em um grupo com República Tcheca, Islândia, Irlanda do Norte e San Marino, o Nationalelf ficou na terceira colocação com 12 pontos, atrás de tchecos e islandeses, classificados para o Elite Round. Resultados como um empate com a Irlanda do Norte e uma goleada por 4 a 1 sofrida diante da Islândia sacramentaram a eliminação de uma geração que tinha Mats Hummels como o seu principal expoente. O zagueiro, aliás, foi o artilheiro alemão na campanha com cinco gols.

A seleção feminina, medalhista de bronze das três últimas Olimpíadas, foi eliminada ao perder por 1 a 0 para o Japão nas quartas de final da Copa do Mundo de 2011, realizada na própria Alemanha. Como as duas vagas da Uefa são destinadas aos melhores times do continente no Mundial, as semifinalistas Suécia e França garantiram a classificação e se juntarão ao Reino Unido no grupo das representantes europeias.

Mesmo que se classificasse, a Alemanha estaria enfraquecida na competição. Isso porque Birgit Prinz, melhor jogadora da história do país e eleita a melhor do mundo em 2003, 2004 e 2005, anunciou sua aposentadoria no ano passado. O time ainda contaria com nomes experientes como Martina Müller e Melanie Behringer, mas passa por um processo de renovação geral e aposta em jovens valores.

VOLTAR AO INÍCIO

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo