Vem aí o Super Bayern

por Marx de Jesus Alves Ferreira

A Bundesliga mal começou e, passadas três rodadas, uma equipe vem sobrando e jogando “por música”. Os bávaros do Bayern de Munique estão barbarizando no certame germânico e tudo leva a crer que, com mais entrosamento, os germânicos também se tornarão os “bárbaros” do continente europeu.

Sim, tal qual os bárbaros que tomaram e conquistaram o Império Romano, também os bávaros prometem dar show e abrir fronteiras nessa temporada.

No entanto, muitos de nós, amantes do bom futebol, lamentamos o fato de o provável show do super Bayern ser na Copa Uefa, e não na Champions League (o maior torneio de clubes do planeta bola), dado o mau desempenho da ultima temporada, que culminou com o modesto posto na Uefa da atual temporada.

Há que se ressaltar que no certame doméstico vai ser difícil parar o clube de Ribéry. Haja vista o desempenho em pouco mais de três semanas de temporada. A goleada na segunda rodada sobre a “maior ameaça” ao título bávaro (os 4 a 0 em cima do Werder) foi um resultado incontestável, que demonstra o entrosamento do time já neste início e sinaliza o candidato a craque do campeonato, na figura do armador, finalizador e líder Ribéry!

Fato é que o Bayern não possuía um jogador que desequilibrasse tanto, desde a saída de Ballack.

Outrossim, é impressionante a forma com que Ribéry se encaixou no esquema do Bayern. Com Hamit Altintop bem aberto pela direita, Zé Roberto indo e voltando para marcar (este ainda encontrará mais espaço nos próximos jogos) e Ribéry jogando mais adiantado, têm-se um meio-campo leve, mas ao mesmo tempo marcador; Ottl e Demichelis oferecem respaldo aos alas-armadores Lahm e Altintop, fechando um esquema que mescla um futebol leve, rápido, ofensivo e forte na marcação de meio-campo.

No ataque, Toni e Klose já falam a mesma língua, restando a nós torcedores torcer e rezar para que o fantasma das lesões não paire sobre a Bavária.

Enfim, um time difícil de ser batido, que segue sendo favorito a tudo, incluindo desbravar o continente europeu. Talvez este ano seja a Uefa e, quem sabe, a médio prazo, a Champions League.

Resta apostar as fichas e curtir o futebol mais agradável de se ver neste momento, o Super Bayern!

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo