Sem categoria

Técnico do Shakhtar protesta após clássico com Dynamo Kiev

Mircea Lucescu, treinador do Shakhtar Donetsk, não poupou críticas aos dirigentes da federação ucraniana. Logo após a derrota por 1 a 0 no clássico contra o Dynamo Kiev nesta segunda-feira, pelo 13ª rodada do campeonato nacional, ele acusou sua equipe de ‘sofrer uma conspiração’.

Segundo o diário Gazeta Sportilor, Lucescu foi flagrado por câmeras de tevê após a partida fazendo ofensas em romeno. “Ladrões! Viva a federação!”, teria dito o treinador. O árbitro Paulo Gomes mostrou o cartão vermelho quatro vezes – uma delas para o técnico do Shakhtar.

“Seria melhor não ter ouvido isso. Estou preocupado, pois não entendo muito bem romeno. Talvez a tradução tenha sido inadequada”, afirmou Hrihory Surkis, presidente da federação ucraniana e irmão de Ihor Surkis, presidente do Dynamo Kiev.

Dmitro Chigrinsky foi expulso no final do primeiro tempo por sua reação a uma entrada mais forte de Kléber, atacante do Dynamo. Lucescu reclamou da atitude tomada pelo árbitro e também foi expulso. A equipe de Kiev ficou com a menos com a expulsão de Artem Milevskiy. Depois da partida, o juiz ainda mostrou o cartão vermelho a Darijo Srna, do Shakhtar, por uma reclamação.

“Apenas disse ao árbitro que ele havia tomado uma série de decisões erradas. Fiquei envergonhado por ele, mas ele me mostrou o cartão vermelho. Fiquei chocado”, disse o croata, em entrevista ao site oficial do Shakhtar.

Lucescu já havia recebido uma multa da federação ucraniana neste ano por usar ‘linguagem inapropriada’ durante uma partida do Shakhtar. Com a derrota, a equipe permanece com 29 pontos, em segundo lugar na tabela e seis pontos atrás do líder Dynamo Kiev.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo