Milan: Kaká, o melhor do mundo

por Sandro Gonçalves

Atacante ou articulador? Isso não importa. Ninguém jogou mais que ele na última temporada. A importância de Kaká na conquista da Champions League 2006/2007 para o Milan lembra o feito de Maradona para a Argentina na Copa de 1986.

Nascido em Brasília, revelado pelo São Paulo Futebol Clube, Ricardo Izecson Santos Leite, o Kaká, aos 25 anos vive o seu melhor momento. Quando foi contratado pelo Milan, em 2003, nem ele esperava que pudesse alcançar o sucesso e o reconhecimento tão cedo no velho continente. Os seus gols em dérbis e o bom futebol apresentado conquistaram a torcida e foram fundamentais para a conquista do campeonato italiano da temporada 2003/2004. Depois disso, Kaká tornou-se uma peça de extrema importância no time de Carlo Ancelotti.

As grandes atuações se tornaram rotina. Mas, principalmente, na última temporada ele fez mais. Ele mostrou um futebol refinado e atraente. Destruiu defesas e venceu todos os seus marcadores. E foi artilheiro, prestou assistências a seus companheiros e foi decisivo quando foi preciso. Foram poucas as vezes em que a FIFA teve um candidato ao posto de “Melhor Jogador de Futebol do Ano” com esse perfil.

Depois de Van Basten e Weah, o Milan pode ter outro atleta coroado como o melhor do mundo. Sendo que, não tivemos Copa do Mundo, a grande competição deste ano foi a Champions League. Onde estão os maiores salários e as grandes estrelas do futebol mundial. E nesta competição ninguém brilhou mais que Kaká.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo