Manchesters são melhores que Milan e Juve

Neste sábado perdi um bom pedaço da minha tarde assistindo a Milan x Juve. Joguinho, pobre em quase tudo quase todo o tempo. Dois ou três jogadores dignos de nota, entre os quais não se incluiu Robinho. E um empate que, além da falta de qualidade do futebol, mostrou a velha cautela do Calcio sendo punida no final da partida. 

É evidente que isto não quer dizer muito. Se não foi o primeiro jogo da Serie A a que assisti nesta temporada, não me lembro qual foi o outro. Clássico sempre é mais amarrado, sempre há mais cautela. E todo bom jogador tem dias ruins. Por outro lado, autoriza a desconfiar fortemente dos que pregam que os resultados da LC mostram que o futebol italiano ganha terreno com relação ao inglês.

Sim, os italiano eliminarão os ingleses nos dois confrontos em que estão envolvidos. É bom notar, porém, que estamos falando de dois ingleses em crise e em queda. E que os melhores times da Inglaterra vacilaram na hora errada, mas continuam sendo superiores à maior parte dos times que seguem na LC. Como são superiores a Milan e Juve. É claro, isto é discutível, e não há critérios que definam sem dúvida, até porque não haverá confronto direto entre eles. Mas uma rápida olhada nos elencos não deixa dúvida. Quais são os destaques de Milan e Juve? Robinho? Foi expulso pela porta dos fundos do City quando este ainda nem era tão poderoso. Boateng? Não teve futebol para se estabelecer no Tottenham. Há alguém além de Thiago Silva que seja cobiçado pelos times mais ricos do mundo? Nem em Milão, nem em Turim. E Thiago Silva, vamos combinar, mudará de endereço em breve.

Não há aqui nenhum julgamento sobre qual escola é melhor, qual seleção é melhor –  certamente não é a Inglaterra – ou qual país ou povo é mais bacana. Trata-se, exclusivamente, de uma questão de mercado. O mercado inglês é mais rico, atrai jogadores melhores. A Premier League é uma máquina de fazer e de atrair dinheiro que a Serie A não é. O que leva a uma situação em que um terceiro reserva do ataque dos Citizens (Tevez? Dzeko? Ballotelli?) seria titular do Milan sem nenhuma dúvida.

Não tenho nenhuma dúvida de que – apesar do que aconteceu na temporada passada – num mata-mata de LC o Milan teria plenas condições de despachar o Manchester City. É Liga dos Campeões, camisa e tradição falam muito alto. Da mesma maneira, é evidente que quase todos os grandes ingleses estão em reformulação, longe de seus melhores momentos recentes. Ainda assim, não dá para comparar a Serie A de hoje com a Premier League. E a lógica da economia faz com que isto seja improvável também no futuro próximo.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo