Sem categoria

Itália decepciona e leva 3 a 1 da Hungria

Com uma atuação abaixo da crítica, a seleção italiana foi derrotada por 3 a 1 pela Hungria, em amistoso disputado nesta quarta-feira em Budapeste. Campeã mundial, a Itália saiu na frente no início do segundo tempo, mas permitiu a virada dos húngaros, que ocupam apenas a 65ª posição no ranking da Fifa.

O técnico Roberto Donadoni escalou a Itália no esquema 4-2-3-1, com Luca Toni à frente de uma linha ofensiva composta por Fabio Quagliarella, Alberto Aquilani e Alessandro Del Piero. Toni chegou a colocar a bola nas redes no primeiro tempo, aos 27 minutos, mas o lance foi corretamente invalidado por impedimento.

A Itália voltou para o segundo tempo com quatro alterações. Toni e Del Piero deram lugar a Filippo Inzaghi e Antonio Di Natale, enquanto a defesa recomeçou com Andrea Barzagli e Fabio Grosso nas vagas de Marco Materazzi e Massimo Oddo.

Com apenas 3 minutos, Di Natale colocou a Azzurra na frente, acertando um chute com pouca força que surpreendeu o goleiro húngaro. A Hungria empatou aos 13, com o defensor Roland Juhász finalizando de dentro da área para bater Gianluigi Buffon. Três minutos depois, o capitão Fabio Cannavaro fez pênalti em Tamás Priskin, e Zoltán Gera não falhou na cobrança: 2 a 1.

O terceiro gol dos donos da casa saiu aos 31 minutos. Cannavaro falhou em uma dividida e deu espaço para o cruzamento que Róbert Feczesin, recém-transferido para o Brescia, completou para o gol vazio.

A derrota liga o sinal de alerta na Itália para o decisivo jogo de 8 de setembro contra a França, em Milão, pelo grupo B das eliminatórias da Eurocopa-08.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo