Sem categoria

Brasil e Croácia empatam em jogo meia-boca

Deu sono, mais no segundo tempo do que no primeiro tempo. Brasil e Croácia empataram em 1 a 1 em Split, gols de Kranjcar, aos 31, e de Ricardinho, aos 41, ambos no primeiro tempo.

O jogo começou com o Brasil mais presente no ataque, mas sem ameaçar de fato o gol de Butina, goleiro da Croácia. Aos 31, no entanto, Juan atrasou de forma bisonha para Dida, que saiu do gol de forma bisonha, rebatendo a bola no pé de Kranjcar, que abriu o placar.

O Brasil partiu pra cima para tentar o empate, mas só conseguiu marcar aos 41, em um gol de falta de Ricardinho.

No segundo tempo, Parreira a satisfação à torcida e tirou o autor do gol para colocar Robinho. Quem se distraiu não percebeu. O novo atacante do Real Madrid teve atuação apagada.

Na etapa final, o Brasil desperdiçou duas chances de desempatar: aos 9, Ronaldo recebeu de Kaká, invadiu a área mas chutou pra fora; e aos 22, quando Adriano perdeu um gol inacreditável depois de a bola sobrar para ele livre, sem goleiro, embora um pouco para o lado esquerdo do gol.

Aos 38, Parreira resolveu dar uma satisfação para a imprensa e colocou Luisão no lugar de Lúcio. Nos sete minutos em que esteve em campo, o zagueiro não fez nenhuma bobagem. Resta saber que tipo de observação o treinador achou que poderia fazer neste longuíssimo período.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo