Portugal

Dia de surpresas no Português: nenhum dos grandes vence

A rodada 18 no Campeonato Português não gerou muitas alterações na briga pelo título. Com Porto e Benfica empatando com Nacional e Olhanense, respectivamente, o duelo entre os grandes rivais segue da mesma forma: os dois com 46 pontos na liderança. Dragões levam vantagem no saldo de gols, com 36.

Neste domingo, nenhum dos titãs portugueses se deu bem em seus compromissos. Mais cedo, o Sporting recebeu o Marítimo no José Alvalade e mergulhou ainda mais na sua crise política e emocional: Suk, aos 18 minutos, colocou a pouca torcida presente em absoluto desespero. Com 72 minutos pela frente, os Leões nem esboçaram ter forças para uma reviravolta. 1 a 0 no final e a 10ª colocação no campeonato, uma participação desastrosa do alviverde lisboeta.

Pouco depois, o Benfica foi até a Ilha da Madeira para enfrentar o Nacional. O jogo foi uma verdadeira batalha, onde três atletas foram expulsos de campo. Dois pelo lado benfiquista e um pelos madeirenses. Aos seis do primeiro tempo, Barcellos abriu o placar para os locais, com Mexer empatando (contra) dez minutos depois. Para a alegria de Jorge Jesus, os Encarnados conseguiram reverter o prejuízo e Urreta fez o segundo aos 37. Pouco após o intervalo, Mateus deu números iguais ao confronto, que ganhou contornos dramáticos conforme o apito final se aproximava. Durante os acréscimos, Cardozo e Matic foram para o chuveiro, por faltas violentas nos adversários. Marçal, com dois amarelos, também foi mandado embora do jogo. Por pouco o placar dos expulsos não foi o mesmo das bolas na rede.

Por fim, o Porto entrou em campo no Estádio do Dragão e já sabendo que uma vitória simples sobre o fraco Olhanense representaria se isolar na dianteira da tabela. Na prática, não foi bem isso que aconteceu. Sonolentos, os Dragões levaram um gol de Targino, logo aos seis, assim como o Benfica. A reação veio a partir do segundo tempo, mas sem a pontaria, primordial para tal tarefa. Jackson Martínez empatou aos dez da etapa complementar e foi o maestro de um bombardeio ao gol de Bracalli. 29 finalizações portistas contra três dos algárvios. Acredite se quiser, o resultado foi este mesmo. 1 a 1, para decepção dos que foram ao estádio e davam como certa uma goleada ante os rubro-negros de Olhão.

Confira os resultados da 18ª rodada do Campeonato Português:

Sábado, 09/fev
Estoril 2×0 Vitória de Guimarães

Domingo, 10/fev
Sporting 0x1 Marítimo
Acadêmica 1×2 Rio Ave
Vitória de Setúbal 1×0 Gil Vicente
Moreirense 3×0 Beira-Mar
Nacional 2×2 Benfica
Porto 1×1 Olhanense

Segunda, 11/fev
Braga x Paços de Ferreira

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo