Portugal

Benfica anuncia João Mário, mas Sporting alega irregularidade do jogador e da Inter no negócio

Meio-campista, de 28 anos, rescindiu com a Inter e ficou livre no mercado, o que o permitiu assinar com os encarnados

O Benfica anunciou a contratação do meio-campista João Mário, de 28 anos, que chega sem custos de transferência depois de ter rescindido o contrato com a Internazionale. O Sporting, porém, não gostou nada da história, alegando o descumprimento de uma cláusula colocada no contrato de venda do jogador ao clube italiano, em 2016.

LEIA TAMBÉM: Há 20 anos, o Boavista fez o que era impensável: quebrou a hegemonia do trio de ferro em Portugal

Quando a Inter contratou João Mário em 2016 por € 40 milhões, havia uma cláusula que caso o jogador fosse negociado com outro clube português, seria preciso pagar uma multa de € 30 milhões. O Benfica, claro, estava entre os clubes previstos na cláusula.

João Mário passou a última temporada emprestado ao Sporting, na campanha que levou o clube ao título. O clube tentou comprá-lo em definitivo e ofereceu € 3,5 milhões por ele, mas a Inter recusou. O Benfica ofereceu € 7,5 milhões e era a opção preferida do jogador, mas a cláusula impedia que a Inter vendesse para os portugueses. Assim, os italianos decidiram rescindir o contrato do jogador português e, assim, ele ficou livre para assinar pelos encarnados, como queria.

Obviamente, o Sporting não ficou feliz com a situação. Divulgou um comunicado dizendo que vê toda essa sequência de acontecimentos como uma tentativa de driblar a cláusula e, por isso, procuraria seus direitos na Justiça. Nas palavras dos Leões, foi um “expediente” para contornar a cláusula e, por isso, o clube sente que têm direito à indenização.

LEIA TAMBÉM: Uma campanha histórica e o fim do jejum: 19 anos depois, Sporting é campeão português

A Inter respondeu. Também em comunicado, o clube italiano negou as acusações. Chamou os comentários de “inaceitáveis, extremamente sérios e, o mais importante, sem qualquer base na verdade”. A Inter não pretendia aproveitar João Mário no seu elenco e já o tinha emprestado para West Ham, Lokomotiv Moscou e Sporting, na última temporada. Sem conseguir acordo pelo jogador, decidiu liberá-lo, até para economizar nos salários pagos ao jogador.

Apesar disso tudo, João Mário assinou com o Benfica até junho de 2026 e já esteve no Centro de Treinamentos do clube acompanhado do presidente, Rui Costa, e do diretor de futebol, Rui Pedro Braz. Reencontrou Jorge Jesus, com quem chegou a trabalhar no Sporting. Também reencontrou Luisão, ex-zagueiro que trabalha atualmente nos encarnados.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo