Portugal

Após três meses afastado por um problema cardíaco, Fábio Fortes voltou com um gol de bicicleta espetacular pela Acadêmica de Coimbra

Lanterna na segunda divisão, a Briosa pelo menos teve um motivo para se orgulhar com o gol magistral

A Acadêmica de Coimbra atravessa um dos momentos mais delicados de sua história. Longe da primeira divisão desde 2016, a equipe agora corre sérios riscos de ser rebaixada para a terceira divisão, o que seria inédito. A Briosa soma míseros dois pontos na atual campanha da segundona, após nove rodadas, e ainda aguarda a primeira vitória. Nesta segunda, a Acadêmica perdeu mais uma, batida pelo Nacional da Ilha da Madeira por 2 a 1. O gol de honra dos anfitriões, no entanto, se candidata desde já como um dos mais bonitos da temporada portuguesa.

João Camacho e Bryan Róchez abriram a vantagem para o Nacional em Coimbra. A Acadêmica só foi descontar mesmo aos 47 do segundo tempo, quando uma reviravolta parecia impossível. E foi com muito estilo que Fábio Fortes anotou sua obra-prima. O cabo-verdiano virou uma bicicleta arrojada e mandou um chute violento no alto da meta. O detalhe é que o jogador retornava aos gramados depois de três meses afastado, após a suspeita de um problema cardíaco. Daqueles gols para não se cansar de ver, ainda mais pelo pano de fundo. Que o lance pelo menos represente um ponto de partida à reação da Briosa na segundona.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo