Ásia/OceaniaMundial de ClubesMundo

Guia do Mundial de Clubes 2012 – As sedes

Toyota e Yokohama são as protagonistas no Mundial de Clubes. A primeira, pela ligação com a empresa que patrocina o torneio. A segunda, por ter o maior estádio do Japão e estar inserida no maior mercado do país.

No entanto, normalmente, as duas cidades vivem à margem das vizinhas maiores. Toyota faz parte da região metropolitana de Nagoia, a terceira maior do Japão, e Yokohama fica dentro da Grande Tóquio, ajudando a formar a maior metrópole do mundo.

Ainda assim, as duas cidades têm sua personalidade. Veja um pouco das particularidades delas.

TOYOTA

YOKOHAMA

Yokohama, 3.697.894 habitantes

População

423.343

3.697.894

Símbolo

Girassol
Rosa

Empresa mais famosa

Toyota
Nissan

Comida típica

Kishimen – Tipo de udon (macarrão para sopa) achatado. É servido com caldo de molho de soja vegetais e tofu e, na época do Mundial de Clubes, normalmente vem quente.

Mapo doufu – Yokohama tem o mais antigo bairro chinês do Japão e se tornou famosa pela grande quantidade de restaurantes chineses. O mapo doufu é um prato da região de Sichuan.

Nativo famoso no futebol

Chong Tese (Jong Tae-Se) – Um dos maiores jogadores da Coreia do Norte nasceu em Nagoia e foi educado em uma escola coreana. No futebol, ficou conhecido com seu nome coreano.

Shunsuke Nakamura – Um dos graneds ícones do futebol japonês na década passada. Teve bons momentos na Itália e brilhou na Escócia. Hoje, está no Yokohama F Marinos.

Estádio

Toyota (45.000 lugares)

Nissan (72.327 lugares)

Jogos na Copa 2002

Foi pré-selecionado para sediar o Mundial, mas ficou entre as sedes cortadas quando a Fifa decidiu dividir o torneio entre Japão e Coreia do Sul.

Quatro: Japão 1×0 Rússia, Arábia Saudita 0x3 Irlanda, Equador 1×0 Croácia e Brasil 2×0 Alemanha.

Principal clube

Nagoya Grampus
Yokohama F Marinos

VOLTAR À PÁGINA INICIAL DO GUIA DO MUNDIAL DE CLUBES 2012

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.